Tema 12 Flashcards Preview

Concurso > Tema 12 > Flashcards

Flashcards in Tema 12 Deck (37):
1

Verificando a estabilização clínica do paciente antes de iniciar condutas diagnóstiacas

Conferir a regra dos "Cem problemas".
Paciente com PAS > 100 e FC < 100.
Mas tb avaliar diurese q deve estar > 0,5mL/kg/hora

2

Determina o limite entre HDA e HDB o...

Ângulo de Treitz, q fica entre duodeno e jejuno.

3

Sangran vultoso nas fezes é sempre sinal de HDB?

Não. 10 a 20% são na vdd sangramentos altos.

4

Principais causas de HDA

UVuLA
Úlcera péptica
Varizes
LAceração de Mallory Weiss

5

Tratamento agressivo das úlceras pépticas é feito em que situações?

Úlceras de Forrest I, IIa ou IIb
Feito com IBP IV e terapia endoscópica associada (quimica, térmica ou mecânica)

6

Quedo indicar tratamento cirúrgico?

Falha endoscópica após duas tentativas OU
Choque refratário após uso de 6 unidades de hemácias ou hemorragia recorrente OU
Sangramento pequeno e contínuo > 3 U/dia

7

Tipos de tratamento cirúrgico nas úlceras

Se duodenal -- pilorotomia para exposição da úlcera; ulcerorrafia; vagotimia troncular e piloroplastia.
Se gástrica -- gastrectomia + B1 ou B2 ou Y roux

8

O que vem a ser a sindrome de Sandblom?

Hemorragia, dor em hipocôndrio direito e icterícia.
Aparece na Hemobilia.
Causas: trauma ou cirurgia de via biliar.
Diagnóstico e tratamento é via Arteriografia.

9

O que é estômago em melancia?

Condição em que há ectasia vascular gástrica, por onde "baba" sangue e causa anemia ferropriva. Tem vínculo com estrogênio (mulheres e cirróticos são mais acometidos) e colagenoses.

10

Um aneurisma de aorta com prótese vascular pode originar fístula aorto entérica, que causa:

Sangramento de vulto com grande chance de óbito. Trata-se retirando prótese comprometida e fechando a fístula + derivação axilobifemoral.

11

Três condições mais importantes de HDB

Divertículo colônico
Angiodisplasia
Câncer

12

Qual a primeira causa de sangramento de delgado?

Angiodisplasia.
E é um sangramento de origem obscura, já q sangramento de delgado é de difícil acesso pelas metodologias corriqueiras.

13

Na abordagem de uma hemorragia digestiva aparentemente baixa, o q devemos pesquisar?

Fazer uma EDA para excluir sangramento alto.
Excluir doença anorretal pelo toque/anuscopia
Avaliar trato baixo com colonoscopia.

14

Exame mais eficaz para encontrar pontos de sangramento de uma hemorragia obscura

Cápsula endoscópica

15

Em sendo a colono não esclarecedora, que exames podem ser solicitados?

Cintilografia com hemácias marcadas (fluxos > 0.1mL/min);
Angiotomografia (fluxos > 0.3-0.5 mL/min , mais sensível para apontar localização mas não permite tto)
Arteriografia (apenas fluxos > 0.5-1 mL/min mas permite tto)

16

O que é a síndrome de Rendu-osler-weber?

Telangiectasia hemorragica hereditária, de caráter autossômica dominante, associada a malformações arteriovenosas em vários órgãos. Caracteriza-se por epistaxes de repetição, telangiectasias mucocutâneas, malformações arteriovenosas viscerais. Tto é suporte.

17

Os pacientes com HDA devem ser estratificados antes de realizar EDA em:

Alto e baixo risco. Os de alto risco devem fazer o exame imediatamente ou em até 6h, e os de baixo risco entre 6-24h.

18

Ao se encontrar uma lesão com risco intermédiario de sangramento e coágulo aderido, qual a conduta preconizada?

Atualmente preconiza-se remover o coágulo e reestadiar a úlcera. Em seguida, terapia endoscópica. Essa conduta está associada a uma redução dramática do risco de ressangramento.

19

Quando realizar profilaxia para lesão aguda de mucosa gástrica (antiga gastrite de stress) em pacientes internados?

Coagulopatia, necessidade de ventilação mecânica por mais de 48h, TCE (ECG<10), queimaduras envolvendo + 35% superfície corporal, politrauma, hepatectomia parcial, pré ou pós operatório, especialmente transplantes de rim e fígado, falência hepática aguda, insuficiência renal aguda, História de úlcera ou hemorragia gástrica no ano anterior.

20

A lesão de dieulafoy é a formação de um vaso aberrante hiperdilatado. É melhor conduzida com:

Terapia endoscópica (esclerose com epinefrina, eletrocauterio ou termocauterio), ligadura elástica ou clipes metálicos

21

Paciente em pós operatório tardio por ferimento por arma de fogo em fígado, evolui com icterícia, dor em cólica no hipocôndrio D e três episódios recentes de melena. Dx

Hemobilia - triade de Sandblom

22

O q é hemosuccus pancreatus?

Causa rara de hemorragia gastrointestinal secundária a ruptura de um aneurisma ou pseudoaneurisma da artéria esplênica ou de seus ramos, no interior do ducto pancreático. Suspeita-se na tríade: hemorragia digestiva + dor abdominal + história de pancreatite

23

Na suspeita de hemorragia digestiva alta por ruptura de varizes de esôfago, paciente foi estabilizado. Qual a próxima consulta?

Iniciar de imediato vasoconstritor esplancnico, antes mesmo da EDA.

24

Na persistência do sangramento digestivo baixo com queda progressiva do hematócrito, qual é o exame complementar com maior resultado diagnóstico/terapêutico?

Arteriografia mesentérica

25

Complicaçoes mais frequentes da colonoscopia

Aerocolia, sangramento pós polipectomia e hemorragias.

26

Os divertículos são mais comuns no cólon

Esquerdo

27

Os divertículos sangram mais no cólon

Direito

28

O sangramento por divertículo classicamente ocorre na ausência de diverticulite. Após estabilizar o paciente e parar o sangramento, a CD é

Expectante. Apenas se estabilidade hemodinâmica não foi conseguida com tto clínico, se faz necessário tratamento cirúrgico de urgência.

29

Q angiodisplasia é uma malformação vascular intestinal q causa sangramento de origem:

Venosa

30

As angiodisplasias são mais comuns no:

Cólon, especialmente no ceco

31

Anormalidade congênita mais frequente do trato gastrointestinal (2% da população):

Divertículo de Meckel

32

Localização mais comum do divertículo de Meckel

Borda antimesenterica do íleo terminal, aproximadamente 45 a 60cm antes da válvula ileocecal.

33

Regra dos Dois sobre divertículo de Meckel

2% da população geral
2 pés da valva ileocecal (60cm)
2 polegadas de comprimento
2 cm de diâmetro
2 tipos de mucosa ectópica (gástrica e pancreática)

34

Principal complicação do divertículo de Meckel

Sangramento em até 50% dos casos
Inflamação é outra complicação.

35

Em geral as complicações do divertículo de Meckel são tratadas com ---. E qual a exceção?

Ressecção cirúrgica do divertículo
Exceção se faz qnd há sangramento e então o intestino adjacente tbm é ressecado, pois a ulceração ocorre na mucosa ileal adjacente.

36

A principal causa de sangramento obscuro é a angiodisplasia (maioria no jejuno), mas o dx diferencial deve ser feito com:

Uso de Aines ou AAS, neoplasias (GIST), doenças inflamatórias intestinais, sd de Osler-weber-rendu, discrasias, divertículo de Meckel

37

Quando encontramos paciente com úlceras numerosas ou de localização lateral no canal anal, é necessário pensar em causas não benignas de fissuras, como:

TB, DSTs, doença de crohn, cancer, hidradenite supurativa