284 Doença da Valvula Mitral Flashcards Preview

Cardio > 284 Doença da Valvula Mitral > Flashcards

Flashcards in 284 Doença da Valvula Mitral Deck (143)
Loading flashcards...
1

(Estenose mitral) A sobrevida aos 10 anos (dos que sobrevivem à cirurgia de substituiçao valvular mitral) é de aprox.. % sendo ..(5) marcadores de pior prognostico a longo prazo

70%

- Doentes com mais de 65 anos
- Incapacidade marcada
- Marcada diminuiçao do DC pre-op
- HT pulmonar
- Disfunçao VD

2

(Estenose mitral) V ou F? Embolia pulmonar recorrente (por vezes com enfarte pulmonar) é importante causa de morbilidade e mortalidade tardiamente no curso da EM

V

3

(Insuficiencia Mitral) Assim que surgir FA, deve se dar varfarina que deve manter o INR dentro de q valores? Os novos anticoagulantes orais estao aprovados? Considerar cardioversao dependendo de.. (2)

- Varfarina com INR 2-3
- Novos anticoagulantes orais NAO aprovados
- Considerar cardioversao dependendo do contexto clinico e tamanho AE

4

(Insuficiencia Mitral) A calcificaçao extensa do anel mitral é causa de IM cronica; quais sao os doentes mais propensos? (2)

- Doentes com doença renal avançada
- Mulheres com mais de 65 anos com HTA e diabetes

5

(Estenose mitral) Doentes com EM com FA/ historia de tromboembolia, qual é a recomendaçao?

Varfarina indefinidamente (INR 2-3)

Ps: vs doentes em ritmo sinusal com dilataçao da AE (mais de 5,5cm) com ou sem contraste espontaneo na eco em que varfarina por rotina é mais controverso

6

(Insuficiencia Mitral) A reparaçao valvular na IM isquemica esta associada a .. (1 vant e 1 desvant)

Menor mortalidade peri-op
Maior taxa de IM recorrente com o tempo

7

(Prolapso da valvula mitral) A profilaxia endocardite infecciosa esta indicada em que doentes?

APENAS nos doentes com historia previa de endocardite

8

(Insuficiencia Mitral) Quais sao as causas de IM cronicas que sao dinamicas? (2)

Prolapso da valvula mitral
Cardiomiopatia hipertrofica obstrutiva

9

(Estenose mitral) V ou F? Caracteristicas clinicas e hemodinamicas da EM sao influenciadas de forma importante pelo nivel de PAP

V

10

(Estenose mitral) Qual é o procedimento de escolha numa gravida com EM e congestao pulmonar (apesar de trat medico intensivo)?

VMBP com Eco TE e sem/ minima exposiçao a radiaçao

11

(Insuficiencia Mitral) Como proceder em doentes com IM aguda grave (ex EAM com rotura musculo papilar)?

Estabilizaçao urgente mais preparaçao para cirurgia
Pode ser necessario:
- diureticos
- vasodilatadores iv (principalmente nitroprussianto sodio)
- balao de contrapulsaçao intra-aortico

Ps: restantos casos que nao sao emergentes cirurgia dias a semanas

12

(Insuficiencia Mitral) IM isquemica, funcional, o tratamento cirurgico é mais complicado e mais frequentemente envolve CABG simultanea; qual a pratica actual para IM moderada ou mais grave?

- Anuloplastia com anel rigido e de tamanho inferior
ou
- Substituiçao valvular mitral poupadora das cordas tendinosas

13

(Estenose mitral) Quais as indicaçoes para substituiçao valvular mitral?

1. EM grave (menor ou igual a 1,5 cm2) mais NYHA III se:
- EM mais IM significativa associada
- Valvula gravemente distorcida (apos intervençao previa)
- Impossibilidade de melhorar significativamente a funçao valvular com valvotomia

14

(Estenose mitral) Quais as indicaçoes para valvotomia cirurgica? (3)

1 - VMBP nao é possivel
2 - VMBP mal sucedida
3 - Muitos doentes com re-estenose apos cirurgia previa

15

(Estenose mitral) Quais sao os valores da area do orificio valvular mitral em adultos para classificar com normal, EM significativa, grave e mt grave?

Normal: 4-6cm2
EM significativa: menor ou igual a 2cm2
EM grave: menor q 1,5cm2
EM mt grave: menor q 1cm2

16

(Insuficiencia Mitral) A cardiomiopatia dilatada é causa de IM cronica, sendo que a IM ocorre com tamanho tele-diastolico VE ..

maior q 6cm

17

(Estenose mitral) Qual o score ecografico (transtoracico) para ajudar na seleçao de doentes para valvotomia mitral por balao percutanea? (4) E como varia o score e a probabilidade de VMBP ser bem sucedida?

1 - Grau de espessamento dos folhetos
2 - Calcificaçao dos folhetos
3 - Mobilidade dos folhetos
4 - Extensao do espessamento subvalvular

Quanto menor o score, maior a probabilidade de VMBP bem sucedida

Ps: Eco TE feita rotineiramente para excluir trombos na AE e avaliar o grau de IM na altura do procedimento

18

(Insuficiencia Mitral) Como esta a pressao arterial na IM aguda grave vs IM cronica grave?

IM Aguda Grave
- PA diminuida, com pressao de pulso estreita

IM Cronica Grave
- PA normal

Ps: Na EM esta normal ou ligeiramente diminuida

19

(Estenose mitral) A HT pulmonar grave resulta em ..(4)

- Alargamento do VD
- IT secundaria
- IP secundaria
- IC direita

Ps: lembrar q é tudo à direita (3 insufs e alargamendo VD)

20

(Prolapso da valvula mitral) Qual o folheto mais afetado?

Posterior

21

(Estenose mitral) V ou F? As hemoptises ocorrem mais frequentemente em doentes com aumento da pressao da AE e com aumento marcado das resistencias vasculares pulmonares sendo raramente fatal

F - SEM aumento marcado das resistencias vasculares pulmonares ND

22

(Estenose mitral) V ou F? Um DD é o mixoma da AE que ocasionalmente se faz acompanhar de sinais de doença sistemica (perda ponderal, febre, anemia, embolos sistemicos e aumento da IgG e IL6 sericas); auscultaçao varia marcadamente com a posiçao corporal e o diag é feito por visualizaçao de massa ecogenica na AE na ECO TT

F - sinais de doença sistemica sao FREQUENTES

23

(Estenose mitral) V ou F? Infecçoes pulmonares (bronquite, broncopneumonia, pneumonia lobar) complicam frequentemente a EM nao tratada, especialmente durante o Inverno

V

Atençao, NAO TRATADA

24

(Estenose mitral) A conversao para ritmo sinusal RARAMENTE é bem sucedida ou sustentada em doentes com EM GRAVE, particularmente naqueles com ..(2)

- AE especialmente dilatada
- FA ha mais de 1 ano

25

(Insuficiencia Mitral) O volume regurgitante varia diretamente com.. (2)

- Pressao sistolica VE
- Tamanho do orificio regurgitante (influenciado pelo grau de dilataçao VE e do anel mitral)

26

(Estenose mitral) Como lesoes associadas pode existir insuficiencia tricuspide funcional (secundaria à HT pulmonar grave) podendo ser audivel atraves de um sopro holossistolico no bordo esq do esterno mais durante a inspiraçao e que diminui com a expiraçao forçada - sinal de ..

Sinal de Carvallo

27

(Estenose mitral) Como esta a PA sistemica?

Normal ou ligeiramente diminuida

28

(Insuficiencia Mitral) V ou F? S1 geralmente ausente, ligeiro ou abafado pelo sopro holo-sistolico da IM cronica grave; desdobramento alargado mas fisiologico S2 (por encerramento prematura da valvula aortica) na IM grave

V

Portanto..
- EM: S1 aumentado / Diminuiçao desdobramento S2
- IM: S1 diminuido / Aumento desdobramento S2

29

(Estenose mitral) V ou F? S1 acentuado (em estadios iniciais EM) e retardado; P2 geralmente acentuado (aumento da PAP) e diminuiçao do desdobramento S2

V

30

(Prolapso da valvula mitral) V ou F? Ao ecodoppler: O jacto regurgitante da IM devido a PVM é mais frequentemente excentrico e a avaliaçao da fracçao regurgitante e da area efectiva do orificio regurgitante pode ser dificil

V