Abordagem ao doente Flashcards Preview

Cherry_on_top > Abordagem ao doente > Flashcards

Flashcards in Abordagem ao doente Deck (33):
1

taxas de mortalidade, ajustadas à idade, para a doençacardíaca coronária tenham diminuído em ___ nas últimas quatro décadas nos EUA

2/3

2

As doenças cardiovasculares continuam a ser a causa mais comum de morte, responsáveis por __ de todas as mortes e ___% dessas são súbitas

35%e 25% subitas

3

as DCV sao altamente prevalente, afetando ___ da pop adulta

35%

4

mortes por DCV é mais alta em ____

mulheres

5

prova de esforço tem menor precisao dx na predição de obstrução epicardica em___

mulheres

6

DAC está mais frequentemente associada à disfunção da microcirculação coronária em ___

mulheres

7

a isquemia miocardio provoca mais Palpitações, dispneia, hipotensão e síncope e as arritmias provocam mais desconforto precordial.

falso! contrario

8

As funções miocárdica ou coronáriaadequadas em repouso podem ser insuficientes durante o exercício

V

9

É possível que muitos pacientes com DCV sejam assintomáZcos, tanto em repouso quanto durante o esforço.

V

10

é imp avaliar o risco global de DAC em assintomaticos.

V-

11

4 Manifestações Fundamentais das cardiopatias

1. dispneia2. desconforto toracido3. edema4. sincope

12

dispneia ou desconforto toracico que surgem durante a atividade fisica são caracteristicos dos doentes com cardiopatia

Verdade

13

quais os elementos para diagnósZco cardíaco completo (NYHA)?

1. EZologia2. Alterações anatómicas 3. Distúrbios fisiológicos 4. Incapacidade funcional

14

Classificação Funcional da NYHA

I - assintomatico em repouso e esforçosII - limitação leve as atividades fisicas e atividades habituais causam sintomasIII - limitação marcada; Actvidades menores do que as habituais causam sintomas; Assintomátco em repousoIV - Incapacidade de realizar qualquer actvidade fisica sem apresentar desconforto• Sintomas mesmo em repouso

15

A incidência mais elevada de doenças cardiovasculares em determinadas famílias pode ocorrer não apenas em função de factores gené7cos, mas relacionada com padrões alimentares ou comportamentais familiares, como a ingestão excessiva de sal ou de calorias e o tabagismo.V ou F?

V

16

A história familiar não é util na avaliação dos FACTORES DE RISCO. V ou F?

F

17

disturbios poligenicos

1. DAC prematura2. HTA3. DM24. hiperlipidemia

18

a actividade fisica de referência deve ser aquela que executava regularmente sem queixas antes do aparecimento dos sintomas.

V

19

A persistência ou aparecimento de sintomas num doente já submetido a terapêutica é muito mais grave que as mesmas manifestações num doente pré- tratamento. V ou F?

V

20

ECG geralmente nao estabelece dx especifico excepto:

1. Arritmias2. Bloqueios cardíacos3.Hipertrofia ventricular4. Enfarte agudo do miocárdio

21

A maioria dos sopros cardiacos é ..

MESOSSISTÓLICO E SUAVE GRAU I a II/VI

22

Crianças ou jovens assintomáticas e com exame fisico normal à excepção de sopro MESOSSISTÓLICO E SUAVE GRAU I a II/VI, devem fazer ecocardiograma. V ou F?

falso

23

indicação para ecocardiog

• Sopro sistólico intenso (grau ≥ III/VI)• Sopro holo ou telessistólico• Sopro diastólico oucontinuo ++++

24

A maioria dos sopros cardiacos é ..

MESOSSISTÓLICO E SUAVE GRAU I a II/VI

25

DCV com frequencia se manifestam agudamente em assintomaticos e que sofrem de..

1. Enfarte agudo do miocárdio (EAM) 2. Cardiomiopatia hipertrófica (CMH) 3. Sdr QT longo

26

Evolução longa com episódios agudos de deterioração em doentes com..

1. Cardiopatia valvular2. Cardiomiopatia dilatada (CMD)

27

armadilhas em medicina passa pelo não reconhecimento de manifs cardiacas de doenças sistemicas por nao-cardiologistas como

Estenose mitral, buraco ovale e/ou arritmias auriculares tran

28

doente sem DCV mas com 1/+ FR, não deve fazer exames periodicos. V ou F

Fdeve fazer para ver adesao ao tx e eficacia em reduzir risco

29

doente com dça valvular grave, assintomatico ou sintomas leves, com q periocidade ver?

Reavaliar em 6 a 12 meses(Se deterioração precoce: Cirurgia)

30

DAC - revascularização quando?

• DAC que não responde à terapêutica médica• DAC em que a revascularização melhora a história natural1. Sdr coronário agudo2. DAC de múltiplos vasos com disfunção do VE

31

armadilhas em medicina passa pelo não reconhecimento de doenças sistemicas por cardiologistas como

Idoso + Fibrilhação auricular (FA) + Insuficiência cardíaca (IC) – Hipertiroidismo Bloqueio auriculoventricular intermitente – Doença de LymeDerrame pericárdico inexplicável – Tuberculose ou Neoplasia

32

armadilhas em medicina passa pelo não reconhecimento de doenças/sinais assim como pela..

dependência e o uso excessivo de exames laboratoriais -- fazer apenas qd se antecipa resultados q possam modificar o tx do doente

33

doente com dça valvular grave, assintomatico ou sintomas leves, com q periocidade ver?

Reavaliar em 6 a 12 meses(Se deterioração precoce: Cirurgia)