Anatomia, embriologia e malformações do trato reprodutivo feminino. Flashcards Preview

X - Ginecologia > Anatomia, embriologia e malformações do trato reprodutivo feminino. > Flashcards

Flashcards in Anatomia, embriologia e malformações do trato reprodutivo feminino. Deck (37)
Loading flashcards...
1

O que compões o diafragma pélvico?

M. coccígeo e M. levantador do ânus (pubococcígeo, ileococcígeo e puborretal)

2

O que compões o diafragma urogenital?

M. transverso profundo do períneo e esfíncter uretral

3

Quais as estruturas de suspensão da pelve?

Ligamentos uterossacro e cardinal (ou paramétricos ou de Mackenrodt)

4

Pontos de inserção dos ligamentos cardinais.

Laterais do colo uterino e ossos ilíacos

5

Pontos de inserção dos ligamentos uterossacros e tipo de tração

Região posterior do colo uterino e sacro. Tração para cima e trás.

6

Segmentos do útero

Fundo, corpo, istmo e cérvice

7

Tipo de epitélio da endocérvice

Colunar simples

8

Tipo de epitélio da ectocérvice

Estratificado pavimentoso não queratinizado

9

Divisões anatômicas da tuba uterina

Intramural, istmo, ampola e infundíbulo

10

Local em que acontece a fecundação

Região ampular da tuba uterina

11

Estruturas que passam através dos ligamentos cardinais

Nervos, vasos linfáticos, linfonodos, A. uterina e ureter

12

Quais são os músculos do períneo?

Diafragma urogenital, M. bulboesponjoso, M. isquicavernoso e M. transverso superficial do períneo

13

Localização e região de lubrificação das Gll. de Bartholin

Fúrcula vulvar. Lubrificação vulvovaginal

14

Localização e região de lubrificação das Gll de Skene

Laterais do meato uretral. Lubrificação do meato

15

Irrigação da vulva e períneo e origem da artéria

Artéria pudenda interna, ramo da A. ilíaca interna

16

Irrigação do útero e do ovário e origem

A. uterina e A. ovariana, ramos da A. Ilíaca interna e da A. aorta abdominal, respectivamente

17

Quando se dá o início da diferenciação das gônadas?

5ª semana

18

Que células secretam testosterona e hormônio anti-mulleriano?

Leydig e Sertoli, respectivamente

19

A quais estruturas os ductos de Muller dão origem?

Tubas uterinas, útero, 2/3 superiores da vagina

20

Como se chamam os remanescentes dos ductos de Wolff nas mulheres e onde são encontrados?

Cistos de Gartner. Localizados nos fórnices vaginais.

21

Fenótipo do distúrbio de desenvolvimento sexual ovotesticular (hermafroditismo verdadeiro) e genótipo

Genitália externa ambígua e submasculinizada, maioria possui vagina. Cariótipo 46,XX ou 46,XY

22

Cariótipo e fenótipo do DDS XX (pseudo-hermafroditismo feminino)

46,XX. Genitália interna feminina, genitália externa virilizada

23

Principal etiologia do DDS XX

Hiperplasia Adrenal Congênita (HAC)

24

Fisiopatologia resumida da Síndrome de Morris

1 - 2 - 3 - 4 - 5:

1. Insensibilidade completa aos androgênios
2. Aumento de androgênios
3. Aumento de aromatização periférica
4. Aumento de estrogênios
5. Fenótipo Feminino

25

Achados diagnósticos da Síndrome de Morris

Amenorreia primária + mamas normais + pelos escassos + vagina curta + ausência de útero + cariótipo 46,XY

26

Cariótipo e fenótipo da Síndrome de Swyer

46,XY; disgenesia gonadal, ausência de testículos, genitália interna feminina

27

Qual principal disgenesia gonadal, seu cariótipo e seu fenótipo?

Síndrome de Turner. 45,X0; gônadas indiferenciadas, pescoço alado, baixa estatura, ausência de desenvolvimento puberal

28

Causa mais comum de hipogonadisimo masculino, cariótipo e fenótipo?

Síndrome de Klinefelter; 47,XXY; testosterona baixa, órgãos genitais externos masculinos, testículos pequenos e endurecidos, baixa estatura

29

Anomalias uterinas de origem mulleriana

Úteros unicorno, bicorno, didelfo, septado

30

Qual a 2ª maior causa de amenorreia primária?

Síndrome de Rokitansky (agenesia dos ductos de Muller)