Hemorragia digestiva alta e baixa Flashcards Preview

Clinica cirúrgica > Hemorragia digestiva alta e baixa > Flashcards

Flashcards in Hemorragia digestiva alta e baixa Deck (44)
Loading flashcards...
1

O que é hematemese?

vômito em sangue

2

O que é melena?

evacuação escura fétida contendo sangue “digerido”;

3

o que é hematoquezia?

: eliminação de fezes sanguinolentas, de sangue ou de coágulos pelo ânus

4

Sangue oculto nas fezes é um exame específico, V ou F?

Falso

5

O que é enterorragia ?

perda de sangue vivo proveniente do trato digestivo baixo

6

Qual a definição de Hemorragia digestiva alta (HDA)?

Sangramento que tem a sua origem no segmento do aparelho digestivo acima do ângulo de Treitz  transição entre o duodeno e o jejuno.

7

Quanto a epidemiologia da HDA:
• Incidência ______(aumenta/diminui) com a idade;
• o que mais mata é a doença ________

AUMENTA

Doença VARICOSA

8

Causas de HDA de origem esofágica (6)

esofagite (DRGE)

rotura de varizes,

tumores malignos ou benignos

compressão de aneurisma

síndrome Mallory-Weiss (paciente com lesão linear ao nível da cárdia, devido principalmente a vômitos em grande quantidade, gerando lesões retilíneas que lesam os vasos)

úlcera esofágica

trauma;

9

Causas de HDA de origem gástrica (7)

gastrites

úlcera péptica

tumores malignos ou benignos

síndrome de Zollinger-Ellison (tumor que aumenta a produção de gastrina, o que estimula a produção excessiva de HCl, promovendo a redução do pH do estômago, prejuízo à barreira protetora do estômago, levando a inúmeras pequenas úlceras e hemorragias)

úlcera de stress,

divertículos

, trauma direto;

10

Causas de HDA de origem duodenal (6)

úlcera péptica

duodenites

tumores (raros),

parasitoses

, trauma

11

Causas de HDA de origem pancreátical (5)

pancreatites

tumores

pseudocistos

cistos verdadeiros

trauma

12

Causas de HDA de origem hepática (4)

tumores benignos (hemangioma) e malignos

inflamação

trauma

13

Causas de HDA de origem biliares(hemobilia) (4)

colangites

icterícia obstrutiva

tumores

trauma

14

Qual a diferença de pseudocisto para cisto verdadeiro?

cisto verdadeiro é revestido por epitélio, enquanto que o pseudocisto é uma coleção de líquido revestido por um tecido de granulação.

15

Classificação da HDA pela volemia (em mL ou porcentagem):
leve:
média:
Grave:

• Leve: perda de até 20% da volemia, pouca repercussão hemodinâmica  < 1000mL;
• Média: perda entre 20 e 40% da volemia  até 1500/2000mL;
• Grave: perda acima de 40% da volemia, grande repercussão hemodinâmica  > 2000mL.

16

Quais sinais de choque hipovolêmico? (6)

mucosas descoradas

taquicardia

taquipneia

hipotensão

cianose

rebaixamento do nível de consciência;

17

Quais Sinais de insuficiência hepática (8)?

petéquias

eritema palmar

equimoses

flapping

icterícia

ginecomastia

atrofia testicular

hepatoesplenomegalia(dá pista em relação à doença varicosa)

18

Quais os mecanismos de rotura das varizes esofágicas? (3)

•Elevação demasiada da pressão;

•Trauma direto (alimento);

• Esofagite de refluxo

19

Quais exames pedir diante de uma HDA(9)?

• Hemograma: pesquisa de anemia;
• Função hepática;
• Função renal;
• Coagulograma;
• Glicemia;
• Alfa-amilase;
• Tipagem sanguínea:


EDA


Arteriografia

20

Qual o exame padrão ouro para HDA?
Para que ele serve (3)?

EDA

• Localiza fonte de sangramento;
• Permite contensão da hemorragia: ligadura elástica, esclerose, ligadura metálica, eletrocoagulação, cola biológica de fibrina ou cianocrilato;
• Avalia prognóstico.

21

Como é feita a classificação endoscópica?

• Grau Ia: sangramento ativo em jato;
• Grau Ib: sangramento ativo em porejamento;
• Grau IIa: sangramento recente com vaso visível;
• Grau IIb: sangramento recente com coágulo aderente;
• Grau III: sem sangramento (base limpa).

22

Qual a conduta para HDA?

• Sonda nasogástrica: lavagem e alimentação;
• Terapia antissecretora
• Antiácidos: ácido clorídrico piora o sangramento;
• Sucralfato: ação anti-ácida;
• Vasopressina: contração do vaso, para o sangramento;
• Somatostatina:
• Tamponamento por balão (balão de Sanfstaken-Blackmore)

23

Quais medicamentos da terapia antissecretora?

IBP, bloqueadores de H2

24

Para que a gente vai usar somastatina nesse caso?

reduzir a produção de secreção gastrointestinal;

25

Como é feito o tamponamento por balão?

primeiro balão fica no estômago, comprimindo as varizes de fundo gástrico, enquanto o segundo fica no esôfago, comprimindo as varizes esofágicas
OBS: o balão não deve ficar insuflado por mais que 24 horas, por estar comprimindo a artéria (evitar necrose), e deve ser retirado quando parar de sangrar.

26

Qual a indicação do tamponamento por balão?

indicado para hemorragias graves que não se consegue conter, nas quais a perda sanguínea é grande; controla em 70-80% dos casos a hemorragia.

27

A EDA é feita em um paciente hemodinamicamente _______ (estavel/instável)

ESTAVEL

28

Qual a definição de Hemorragia digestiva Baixa (HDB)?

Sangramento que tem a sua origem no segmento do aparelho digestivo abaixo do ângulo de Treitz.

29

Quais as 3 regiões mais acometidas?

• 95% ocorre em cólon, reto e ânus;
• 5% ocorre em intestino delgado.

30

Quais as causas mais comuns:
• Idosos: (3)
• Adultos jovens: (2)
• Crianças: (1)

• Idosos: doença diverticular, angiodisplasia, neoplasia;
• Adultos jovens: divertículo de Meckel e doenças anorretais;
• Crianças: intussuscepção intestinal.