prova 3 TVO Flashcards Preview

pca > prova 3 TVO > Flashcards

Flashcards in prova 3 TVO Deck (27):
1

7 - A POTÊNCIA DE TRAÇÃO PRODUZIDA PELA HÉLICE SOBRE A AERONAVE DENOMINA-SE POTÊNCIA

A)ÚTIL.
B)EFETIVA.
C)ABSOLUTA.
D)NOMINAL.

A)ÚTIL.

2

13 - O PESO BÁSICO OPERACIONAL É DEFINIDO COMO SENDO O SOMATÓRIO ENTRE O PESO BÁSICO E O(A)

A)TRIPULAÇÃO.
B)CARGA PAGA.
C)CORREIO.
D)BAGAGEM.


A)TRIPULAÇÃO.

3

16 - UM AEROFÓLIO SUPERSÔNICO, PASSANDO ATRAVÉS DE UMA ONDA DE EXPANSÃO, DIMINUIRÁ BRUSCAMENTE A

A)DENSIDADE E PRESSÃO DO AR.
B)VELOCIDADE E AUMENTARÁ A PRESSÃO DO AR.
C)VELOCIDADE E AUMENTARÁ A DENSIDADE DO AR.
D)DENSIDADE DO AR E AUMENTARÁ A PRESSÃO DO AR.

A)DENSIDADE E PRESSÃO DO AR.

4

17 - UMA ACFT EM VÔO RETO HORIZONTAL, AO ULTRAPASSAR O ÂNGULO CRÍTICO,

A)ALCANÇA O ÂNGULO DE SUSTENTAÇÃO MÁXIMA.
B)INICIA O ESTOL.
C)ATINGE A VELOCIDADE DE ESTOL.
D)ATINGE A VELOCIDADE MÍNIMA.

B)INICIA O ESTOL.

5

3 - UM AVIÃO, EM SUA CONFIGURAÇÃO NORMAL DE VÔO, POSSUI VELOCIDADE DE ESTOL DE 50 KT. SABENDO-SE QUE COS 60 = 0,5 E A RAIZ QUADRADA DE 2 = 1,41, O AUMENTO APROXIMADO DESTA VELOCIDADE, EM UMA CURVA DE 60 GRAUS DE INCLINAÇÃO SERÁ DE

A)20 KT
B)5 KT
C)15 KT
D)10 KT

A)20 KT

6

11 - A REFERÊNCIA ARBITRÁRIA, DETERMINADA PELO FABRICANTE, QUE É UTILIZADA COMO BASE PARA AS MEDIDAS LONGITUDINAIS, COM FINS DE BALANCEAMENTO DA AERONAVE, DENOMINA-SE

A)CENTRÓIDE.
B)CORDA MÉDIA AERODINÂMICA.
C)ESTAÇÃO.
D)LINHA DATUM.

D)LINHA DATUM.

7

15 - O EFEITO DE QUILHA E O ENFLECHAMENTO DE UMA AERONAVE AFETAM DIRETAMENTE A SUA ESTABILIDADE

A)VERTICAL.
B)PENDULAR.
C)DIRECIONAL.
D)LONGITUDINAL.

C)DIRECIONAL.

8

18 - O DESLOCAMENTO DA CAMADA LIMITE SERÁ MAIS FACILMENTE CONTROLADO, SE A ONDA DE CHOQUE ESTIVER LOCALIZADA PRÓXIMA AO(À)

A)PONTA DA ASA.
B)BORDO DE ATAQUE.
C)RAIZ DA ASA.
D)BORDO DE FUGA.

D)BORDO DE FUGA.

9

12 - SE O CG DE UM AVIÃO ESTIVER DEMASIADAMENTE À FRENTE, FICARÁ

A)COM SUA CAPACIDADE DE ESTABILIZAÇÃO LONGITUDINAL REDUZIDA.
B)COM TENDÊNCIA A UM PARAFUSO CHATO.
C)EXCESSIVAMENTE ESTÁVEL LONGITUDINALMENTE.
D)FÁCIL DE SER MANOBRADO.

C)EXCESSIVAMENTE ESTÁVEL LONGITUDINALMENTE.

10

14 - A RECUPERAÇÃO DE UM PARAFUSO PODE SE TORNAR DIFÍCIL SE O

A)AVIÃO ENTRAR RAPIDAMENTE NO PARAFUSO
B)CG ESTIVER MUITO ATRÁS
C)AVIÃO FOR MUITO LENTO
D)CG ESTIVER MUITO À FRENTE

B)CG ESTIVER MUITO ATRÁS

11

16 - A VELOCIDADE MÁXIMA DE UM AVIÃO, EM VOO RETO E NIVELADO AO NÍVEL DO MAR, É IGUAL A 180 KT. NUMA ALTITUDE DE 7.500 FT, SUA VELOCIDADE MÁXIMA SERÁ

A)180 KT.
B)MAIOR QUE 180 KT.
C)NULA.
D)MENOR QUE 180 KT.

D)MENOR QUE 180 KT.

12

16 - A DISTÂNCIA ATINGIDA EM UM VÔO PLANADO DEPENDERÁ, EXCLUSIVAMENTE, DO

A)ÂNGULO DE PLANEIO E VELOCIDADE.
B)PESO DA AERONAVE E VELOCIDADE.
C)ÂNGULO DE PLANEIO E ALTURA.
D)PESO DA AERONAVE E DA ALTURA.

C)ÂNGULO DE PLANEIO E ALTURA.

13

14 - UM PILOTO, NA TENTATIVA DE MELHORAR O PLANEIO DE SUA ACFT, UTILIZA UM ÂNGULO DE ATAQUE REDUZIDO. NESTE CASO, TEM SE VELOCIDADE E ÂNGULO DE PLANEIO, RESPECTIVAMENTE,
A)MENOR E MAIOR.
B)MENORES.
C)MAIOR E MENOR.
D)MAIORES.

D)MAIORES.

14

8 - A POTÊNCIA DE TRAÇÃO PRODUZIDA PELA HÉLICE SOBRE A AERONAVE DENOMINA-SE POTÊNCIA
A)NOMINAL.
B)ÚTIL.
C)EFETIVA.
D)ABSOLUTA.

B)ÚTIL.

15

10 - A DISTÂNCIA VERTICAL REAL, ACIMA DO NÍVEL MÉDIO DO MAR, DENOMINA-SE ALTITUDE
A)ABSOLUTA.
B)VERDADEIRA.
C)DENSIDADE.
D)INDICADA.

B)VERDADEIRA.

16

15 - PARA UMA DETERMINADA ALTITUDE, OS FATORES VARIÁVEIS PARA O CÁLCULO DA RESISTÊNCIA AO AVANÇO, SÃO
A)DENSIDADE DE AEROFÓLIO E COEFICIENTE DE ARRASTO.
B)COEFICIENTE DE ARRASTO E VELOCIDADE.
C)ÁREA DO AEROFÓLIO E ÂNGULO DE ATAQUE.
D)ÁREA DO AEROFÓLIO E VELOCIDADE.

B)COEFICIENTE DE ARRASTO E VELOCIDADE.

17

6 - A SUSTENTAÇÃO É DIRETAMENTE PROPORCIONAL AO QUADRADO DO(A)
A)DENSIDADE DO AR.
B)VELOCIDADE AERODINÂMICA.
C)COEFICIENTE DE SUSTENTAÇÃO.
D)ÁREA DA ASA.

B)VELOCIDADE AERODINÂMICA.

18

8 - A VELOCIDADE AERODINÂMICA CORRESPONDE À VELOCIDADE
A)INDICADA.
B)DO VENTO RELATIVO.
C)CALIBRADA.
D)DO VENTO DE CAUDA.

B)DO VENTO RELATIVO.

19

13 - A RECUPERAÇÃO DE UM PARAFUSO PODE SE TORNAR DIFÍCIL SE O
A)AVIÃO FOR MUITO LENTO
B)AVIÃO ENTRAR RAPIDAMENTE NO PARAFUSO
C)CG ESTIVER MUITO ATRÁS
D)CG ESTIVER MUITO À FRENTE

C)CG ESTIVER MUITO ATRÁS

20

18 - O PARAFUSO CHATO PODERÁ OCORRER SE O
A)CG ESTIVER DEMASIADAMENTE À FRENTE DO LIMITE DIANTEIRO.
B)CP ESTIVER DEMASIADAMENTE ATRÁS DO LIMITE TRASEIRO.
C)CP ESTIVER DEMASIADAMENTE À FRENTE DO LIMITE DIANTEIRO.
D)CG ESTIVER DEMASIADAMENTE ATRÁS DO LIMITE TRASEIRO.

D)CG ESTIVER DEMASIADAMENTE ATRÁS DO LIMITE TRASEIRO.

21

1 - UMA AERONAVE POSSUI A VELOCIDADE DE ESTOL DE 60 KT. AO EFETUAR UMA CURVA COM 60 GRAUS DE INCLINAÇÃO, TERÁ A VELOCIDADE DE ESTOL, APROXIMADA, DE
A)65 KT
B)85 KT
C)95 KT
D)75 KT

B)85 KT

22

6 - CONSIDERANDO-SE AS PARTÍCULAS DE AR SOBRE UM AEROFÓLIO, É CORRETO AFIRMAR QUE A (AS)
A)PARTÍCULAS DO INTRADORSO E DO EXTRADORSO ALCANÇAM O BORDO DE FUGA NO MESMO INSTANTE.
B)PARTÍCULAS DO EXTRADORSO ALCANÇAM O BORDO DE FUGA PRIMEIRO.
C)EFICIÊNCIA AERODINÂMICA SERÁ MAIOR QUANDO AS PARTÍCULAS DO EXTRADORSO "NÃO" ALCANÇAREM O BORDO DE FUGA
D)PRESSÃO NO EXTRADORSO É MAIOR QUE NO INTRADORSO.

A)PARTÍCULAS DO INTRADORSO E DO EXTRADORSO ALCANÇAM O BORDO DE FUGA NO MESMO INSTANTE.

23

10 - CASO SEJAM INSTALADOS FLUTUADORES NA AERONAVE, OCORRERÁ UM AUMENTO DO ARRASTO
A)DO PERFIL.
B)INDUZIDO.
C)PARASITA.
D)DE VORTICE.

C)PARASITA.

24

14 - A RESULTANTE DO PESO SUSTENTADO POR CADA METRO QUADRADO DAS ASAS DEFINE A CARGA
A)PAGA.
B)MÁXIMA.
C)ÚTIL.
D)ALAR.

D)ALAR.

25

18 - UM AVIÃO COM TREM DE POUSO CONVENCIONAL, AO EFETUAR UM POUSO DE PISTA, TEM MAIOR RISCO DE PILONAGEM, EM FUNÇÃO DE
A)MÁXIMO AVANÇO DO CP, NO MOMENTO DO TORQUE.
B)FACILIDADE DE ENTRAR EM ESTOL RENTE À PISTA.
C)O CG ENCONTRAR-SE DEMASIADAMENTE À FRENTE DO TREM PRINCIPAL.
D)O CG ENCONTRAR-SE ATRÁS DO TREM PRINCIPAL.

D)O CG ENCONTRAR-SE ATRÁS DO TREM PRINCIPAL.

26

13 - A COMPONENTE DE FORÇA QUE EQUILIBRA, COM O PESO, A SUSTENTAÇÃO DO AVIÃO EM UMA CURVA, É DENOMINADA COMPONENTE

A)HORIZONTAL.
B)VERTICAL.
C)DE TRAÇÃO.
D)DE ARRASTO.

B)VERTICAL.

27

15 - O NÚMERO MACH DE UM AVIÃO SUBINDO A UMA VELOCIDADE CONSTANTE AUMENTARÁ, DEVIDO AO(À)

A)AUMENTO DA TEMPERATURA.
B)AUMENTO DA DENSIDADE DO AR.
C)DIMINUIÇÃO DA TEMPERATURA.
D)DIMINUIÇÃO DA ALTITUDE.

C)DIMINUIÇÃO DA TEMPERATURA.