Câncer gástrico Flashcards Preview

Cirurgia Digestiva > Câncer gástrico > Flashcards

Flashcards in Câncer gástrico Deck (18)
Loading flashcards...
1

Fatores de risco

H. pylori, gastrite crônica, linfoma gástrico, tabagismo, pólipos adenomatosos, obesidade, sangue A, história familiar, cirurgia gástrica prévia, infecção pelo EBV

2

Linfoma MALT - tratamento

Erradicação H. pylori

3

Classificação - macro vs. micro

Macro - EDA - Borrmann
Micro - histologia - Lauren

4

Borrmann - classificação

1 - Polipoide, elevado
2- Ulcerado, bordas elevadas e definidas
3- Ulcerado, bordas rebaixadas, indefinidas, infiltrativas
4- Lesão difusa (linite plástica)

5

Intestinal de Lauren - fatores de risco, epidemiologia, característica histológica, metástases e prognóstico

Gastrite crônica, H pylori
Homem mais velho
Bem diferenciado
Hematogênicas (pp fígado e pulmões), tardias
Prognóstico menos pior

6

Difuso de Lauren - fatores de risco, epidemiologia, característica histológica, metástases e prognóstico

História familiar positiva, sangue A
Mulher mais jovem
Indiferenciado, células em anel de sinete
Linfáticas, peritoneais, precoces
Prognóstico pior

7

Critérios para ressecção por tratamento endoscópico (mucosectomia) ser considerada curativa

Câncer precoce restrito à mucosa (T1A)
Tipo intestinal
Não ulcerado
Máximo 1 cm

8

Tratamento convencional para adenocarcinoma gástrico (proposta curativa)

Gastrectomia total ou subtotal
+
Linfadenectomia à D2 (perigástricos e profundos, mínimo 15 linfonodos)

9

Quando é possível optar pela gastrectomia subtotal

Apenas se subtipo intestinal com localização distal (longe da cárdia)
*linite nunca opera subtotal

10

Câncer gástrico precoce - definição

Até a submucosa (T1B), independente do acometimento linfonodal

11

Doença avançada - definição e conduta

Metástase observada à TC ou sinais clínicos de doença avançada

Tratamento paliativo (biópsia de gânglios seguido por QT paliativa se comprovada metástase)

12

Sinais clínicos de doença avançada

Nódulo de Virchow (supraclavicular esquerdo)
Nódulo de Irish (axilar esquerdo)
Nódulo de Sister Mary Joseph (peri-umbilical)
Prateleira de Blummer (ao toque retal)
Ascite (indica carcinomatose peritoneal)

13

Líquido peritoneal com aumento de lipase, bilirrubinas e amilase após gastrectomia - diagnóstico

Fístula duodenal

14

Ascite - como aumentar suspeição de carcinomatose peritoneal

Calcular GASA (albumina soro - albumina ascite)
GASA < 1,1 aumenta suspeição

15

EDA com tumor que não se expressa na mucosa - suspeitas e como diferenciar

GIST (tumor estromal gastrointestinal) e leiomioma / leiomiossarcoma: ambos são subepiteliais, com células fusiformes à biópsia, mas GIST possui o marcador c-KIT positivo

16

GIST - tratamento curativo

Minimamente invasivo - ressecção cirúrgica com margens livres, sem linfadenectomia (não dissemina para linfonodos)

17

GIST alto risco - como identificar e conduta

Tamanho > 10cm OU
Índice mitótico (I.M) > 10 OU
Tamanho > 5cm e I.M > 5 OU
Ki67 > 5%

Prescrever imatinibe adjuvante

18

Biópsia de GIST - tipo de agulha e motivo

Agulha fina, pois GIST sangra fácil