Substâncias bioativas Flashcards Preview

Fisiologia > Substâncias bioativas > Flashcards

Flashcards in Substâncias bioativas Deck (38):
1

Onde ocorre a produção/regulação da Eritropoetina?

Rins/Fígado

2

O que promove a síntese da eritropoetina?

Diminuição da oxigenação do sangue?

3

Quais fatores podem estar relacionados com a diminuição da oxigenação do sangue para sintetizar eritropoetina?

Baixo volume de sangue
Anemia
Baixa hemoglobina
Doenças pulmonares

4

Qual é o objetivo da eritropoetina?

Síntese de eritrócitos na medula óssea vermelha

5

Onde ocorre a produção do Peptídeo Natriurétrico Atrial?

Átrios

6

Quais são as causas que promovem a síntese do Peptídeo Natriurético Atrial?

Aumento do volume extracelular
Aumento do retorno venoso

7

Quais são as ações fisiológicas do Peptídeo Natriurético Atrial?

(1) Diminuição da resistência periférica (dilatação da musculatura lisa)

(2) Diminuição da ingestão de água e Na+

(3) Aumento do fluxo sanguíneo renal e atividade do nervo renal simpático, promovendo diminuição do volume plasmático e diminuição de pressão.

(4) Diminuição dos níveis de renina com consequente diminuição de angiotensina II

(5) Diminuição da aldosterona pela diminuição da renina e diminuição da produção no cortex da suparrenal.

(6) Atuação no hipotálamo diminuindo a produção de ADH

Tudo isso resulta no aumento da excreção de água e NaCl

8

Onde é liberada a renina?

Rins

9

Quais são os fatores que promovem a liberação da renina?

(1) Estimulação, por queda de pressão, dos barorreceptores localizado nas paredes das arteríolas aferentes.

(2) Queda de concentração de NaCl no túbulo distal

(3) Atividade simpática (receptor B)

10

Qual é a atuação da renina?

Ao chegar ao plasma, catalisa a conversão de angiotensinogênio em angiotensina.

11

Como ocorre a conversão de angiotensina I em angiotensina II?

A Angiotensina I é convertida nos pulmões e nos rins pela enzima conversora de angiotensinogênio (ECA).

12

Qual é a atuação da angiotensina II?

(1) Atua diretamente nos rins, estimulando a troca de Na+/H+ no túbulo proximal e aumenta a reabsorção de Na+ e HCO3-

(2) Atua nas arteríolas causando vasoconstrição.

(3) Atua aumentando a sede

(4) Promove a liberação do ADH

(5) Também atua no córtex da adrenal para promover a liberação de aldosterona.

(6) Aumenta atividade simpática.

13

A interleucina-1 compreende quais proteínas?

IL-1a e IL-1b

14

Quais são as principais fontes de interleucina 1?

Monócitos e Macrófagos

15

Além das principais, quais são as outras fontes de interleucina-1?

Osteoblastos, queratinócitos, hepatócitos, células nervosos e células endoteliais.

16

Quais são os principais efeitos da interleucina-1 localmente?

Estimula localmente:

(1) Os monócitos e os macrófagos para aumentar a produção de IL-1, bem como outras citocinas, como o TNF e IL-6.

(2) Proliferação de linfócitos B e a síntese de imunoglobulinas.

(3) Os linfócitos-T a produzirem citocinas, como IL-2 e o seu receptor.

17

Quais são os principais efeitos da interleucina-1 na circulação?

Apresente efeitos sobre o sistema nervoso, endócrino e o fígado:

(1) É um pirógeno endógeno (febre)

(2) Aumenta a síntese de proteínas no fígado. Muitas dessas participam na defesa do hospedeiro contra microorganismos e outros antígenos.

(3) Promove o eixo HPA

(4) Inibe o eixo HPT e HPG

(5) Diminuição do apetite

(6) Sistema nervoso simpático estimulado

(7) Inibição do crescimento

(8) Ativa condrócitos (cartilage breakdown) e osteoclastos (reabsorção óssea)

(9) Induz a formação de fibroblastos.

18

Quais são as principais atuações da interleucina-6?

Aumento da lipólise
Diminuição da leptina
Diminuição do GLUT-4
Diminuição da fosforilação do receptor de insulina.

19

Onde é sintetizado o fator a de necrose tumoral?

Tecido adiposo

20

Quais são os principais efeitos do Fator de necrose tumoral?

Induz apoptose de adipócitos.
Inibe a lipogênese (GLUT-4 e Acetil-CoA)
Aumenta a lipólise (aumenta FFAs)
Aumenta síntese de colesterol
Aumenta a glicemia
Aumenta a resistência à insulina (musculo, tecido adiposo, fígado).

21

Quais são os fatores que promovem a indução da resistina?

testosterona, corticóides, GH, !L-1, !L-6, TNF

22

Quais são os fatores que promovem a inibição da resistina?

Insulina, epinefrina, ligante PPAR

23

Qual é a função da resistina?

Resistência à insulina: reduz utilização de glicose muscular e aumenta a produção hepática.

24

Quais são os fatores estimulatórios da adiponectina?

Perda de peso

25

Quais são os fatores inibidores da adiponectina?

Acúmulo de gordura visceral e aumento dos adipócitos.

26

Quais são os locais onde a adiponectina atua e qual sua atuação?

A adiponectina aumenta a sensibilidade à insulina.

No fígado: efeitos da insulina + oxidação de ácidos graxos
No músculo: efeitos da insulina
Coração: previne aterosclerose
Monócitos e macrófagos: diminuição inflamação

27

Quais são os efeitos locais do angiotensinogênio?

Regula:

Crescimento e diferenciação do adipócito
Inflamação e estresse oxidativo
fluxo sanguíneo local
lipólise
Concentração local de angiotensina II

28

O que um excesso de angiotensinogênio pode causar?

Aumento da obesidade.

Hipertensão

Diabetes

Aterosclerose

29

Qual é a função do inibidor do ativador de plasminogênio?

Degrada a fibrina/inibe a formação de coágulo de fibrina

30

Qual é o significado grego de leptina?

Magro

31

Onde a leptina é principalmente expressa?

Tecido adiposo branco e em menor quantidade, no marrom, placenta, estômago, tecido mamário.

32

Quais é a atuação chave da Leptina?

Transporta a mensagem de que reservas de gordura são suficientes e promove a redução da ingestão de metabólitos e o aumento do gasto de energia.

Está envolvida na regulação direta do metabolismo do tecido adiposo, inibindo a lipogênese e estimulando a lipólise.

33

Além de agir no tecido adiposo, quais são os outros efeitos da LEP?

Reprodução, angiogênese, resposta imune, controle da pressão sanguínea e osteogênese (potente inibidor da formação óssea)..

Modifica o padrão funcional dos eixos hormonais.

34

Em relação a questões endócrinas, qual a atuação da LEP na concentração de glicocorticosteróides?

Reduz a concentração plasmática de glicocorticóides.

35

Em relação a questões endócrinas, qual a atuação da LEP no eixo -hipotálamo-hipófise-tireóide.

Sua deficiência diminui a eficiência do feedback negativo dos HT.

36

Qual a atuação da LEP no GH?

Sua deficiência prejudica a síntese e secreção de GH.

37

Qual é a participação da LEP nos vasos sanguíneos? e da Adipnectina?

LEP: Citocinas pró-inflamatórias, efeito pro-aterogênico.

Adiponectina: Efeito anti-inflamatório e anti-aterogênico.


38

O que significa uma alta razão LEP/Adiponectina?

Sinal de aterogênese em tipo 2 diabetes e obeso.