Pneumonias Flashcards Preview

Clinica Médica > Pneumonias > Flashcards

Flashcards in Pneumonias Deck (107):
1

Diante de um empiema que não se resolve com ATB e drenagem em selo, estamos diante de qual quadro? Quais as opções terapêuticas iniciais?

Empiema multiloculado

1. Infusão intrapleural de trombolíticos (estreptoquinase)
2. Toracoscopia (pleuroscopia) com lise de septos é nova drenagem

2

Quais os fatores de risco para infecção por patógenos multirresistentes (MDR) e MRSA (stafilococo aureo meticilona resistente)?

1. Pelo menos 5 dias de hospitalização

2. Choque séptico associado a PAVM

3. Síndrome do desconforto respiratório agudo precedendo PAVM

4. Uso de ATB venoso nos últimos 90 dias

5. Terapia de substituição renal aguda antes do início da PAVM

3

Quais são os principais germes típicos relacionados a PNM?

1. S. Pneumoniae
2. Haemophilus influenzae

4

Quais são os germes mais comuns na PNM atípica?

1. Mycoplasma pneumoniae
2. Clamydia pneumoniae
3. Vírus respiratórios (adenovírus, influenza e VSR)

Mais comuns 👆🏻

Outros:
Legionella

5

Qual agente mais comumente encontrado em hemoculturas para PNM?

S. Pneumoniae

Diplococo gram-positivo

6

No caso de pneumonias complicadas com abscesso ou outras complicações supurativas, qual a etiologia da flora bacteriana? Qual tratamento?

Polimicrobiana

1. Clindamicina ou
2. Amoxicilina + clavulanato ou
3. Metronidazol + penicilina G
Por 4-6 semanas

7

Qual a indicação cirurgia para PNM complicada com abscesso pulmonar que não melhora com terapia correta?

1. Não defervescência em até 7-10 dias de ATB (5-10%)

8

Qual a fórmula de crockft-gault?

TFG= (140-idade) x peso tudo dividido por 72 x creatinina sérica

Se for mulher multiplica depois por 0,85

9

Qual o patógeno associado a pneumonia e contato com pássaros?

Chlamydia psittaci (P de PÁSSARO)

10

Qual a medida para saber se o derrame pleural é puncionavel?

Apresentar > 1cm de espessura em decúbito lateral

11

Quais os fatores de risco para PAC por pneumococo resistente?

1. Doenças crônicas do coração, pulmão, fígado ou rim
2. Alcoolismo
3. Diabetes
4. Neoplasias
5. Asplenia
6. Imunossupressão

7. Uso de ATB nos últimos três meses
8.

12

Existe a necessidade sempre de realização de Rx para confirmação da pneumonia?

Sim. Diferente da faixa etária pediátrica, cujo diagnóstico é clínico.

13

Existe necessidade de repetição da radiografia para controle de cura?

Não. Exceto para pacientes alto risco de desenvolver Ca broncográfico subjacente (ex: tabagistas > 50 anos e persistência dos sintomas, o que pode ser indício de pneumonia pos-obstrutiva)

14

Qual a indicação de USG de tórax na PNM?

Pacientes com derrames pleurais pequenos ou suspeitos de loculacao

15

Qual a etiologia de PNM que tem resolução radiológicas mais rápida?

Mycoplasma pneumoniae

16

Quais os critérios do CURB-65? Quantos pontos são necessários para decidir internação em enfermaria e em CTI?

C confusão mental
U ureia >=43
R FR>=30
B PAS<90 ou PAD<60
65 acima de 65 anos

Enfermaria >=2
CTI sugerido a partir de 4
OBS: esse escore deve ainda levar em consideração as comorbidades e outros parâmetros sociais, podendo decidir por tratamento ambulatorial ou hospitalar mesmo quando o escore da positivo

17

Quais as fases evolutivas de empiema?

1. Fase aguda: baixa viscosidade e baixa contagem celular. Sem pus propriamente dito

2. Fibrinoproliferativa: mais turvo e viscoso com maior contagem celular e fibrina. Começa a formar septos (loculacoes) e espessamentos

3. Organizado: fase crônica (mais de 2 semanas) com formação de carapaça fibroblastos, fibroblastos ativos, colágeno e capilares neoformados

18

Quais os critérios de light para a diferenciação de transudato e exsudato? E precisa-se de quantos critérios para confirmar tal achado?

1. Proteína líquido pleural/proteína do líquido serico > 0,5
2. LDH pleural/LDH serico > 0,6
3. LDH pleural maior que 2/3 do limite superior do nível serico, ou seja, >200

Precisa de apenas um critério

19

Quais os dados clínicos que sugerem um exsudato complicado com empiema? Qual a conduta em caso de empiema?

1. pH <7,2
2. Glicose <60
3. LDH > 1000


Drenagem torácica, sendo o tipo de drenagem dependente de outros fatores

20

O achado de glicose baixa no líquido pleural, além de exsudato complicado com empiema, é característico de que outra entidade clínica?

Derrame pleural por artrite reumatoide

21

Pneumonia secundária pos pneumonia viral tem como etiologias principais...

1. Pneumococo
2. S.Aureus
3. Hemofilo

22

Qual a faixa etária que predomina na PNM?

Idoso

23

Qual o mecanismo de infecção do trato respiratório inferior pelos patógenos?

1. Aspiração
2. Inalatorio
3. Hematogênico
4. Contiguidade

24

Em questao de PNM, quando aprece o dado clínico de odinofagia levanta a suspeita de que agente etiológico principal?

Mycoplasma pneumoniae

25

Qual a principal etiologia de causa infecciosa para a síndrome de Steven-johnson?

PNM por Mycoplasma Pneumoniae

26

Quais as principais complicações da PNM por Mycoplasma Pneumoniae?

1. Síndrome de Steven-Johnson (Eritema multiforme major)
2. Miringite bolhosa
3. Anemia hemolítica
4. Meningite, ataxia cerebelar, síndrome de guillain-barré

27

Qual a indicação de vacinação de vírus influenza para gestante e em qual período do ano?

Todas as mulheres gestantes em qualquer IG. Vacinação no inverno

28

Qual o tipo de vírus da gripe aviária?

H5N1
Encontrado em secreção, vezes e sangue de aves contaminadas

29

Quais os subtipos dos vírus influenza? Qual é o mais mutagênico e por isso o mais virulento?

A B C

A

30

Qual a conduta para TODOS os portadores de H1N1?

Isolamento

31

Qual padrão-ouro para confirmar infecção pelo H1N1?

Isolamento viral nas secreções respiratórias, coletadas até o terceiro dia do início dos sintomas

32

Qual droga NÃO deve ser usada em PNM por S.aureus MRSA?

Daptomicina - seu efeito é inativado pelos surfactante pulmonar

33

Qual a etiologia mais frequente em abscesso pulmonar comunitário?

Anaeróbios

34

Qual o mecanismo de resistência do pneumococo ao betalactamico?

Mutação genética no gene PBP (proteína locadora de penicilina) de modo que o PBP passa a ter menos afinidade pelo betalactamico

35

Qual a complicação mais frequente em casos de pneumonia?

Derrame pleural

36

Quais as causas frequentes de pneumonias de repetição?

Bronquiectasias e carcinoma brônquico ou qualquer fator obstrutivo crônico (corpo estranho por exemplo)

37

Qual a via de transmissão principal da PNM?

Aspiração - micropartículas

Inalação - principalmente por Legionella e Mycoplasma Pneumoniae

Hematogenica

Por extensão - rara

38

Quais são as fases evolutivas da PNM por pneumococo?

1. Congestão: multiplicação de bactérias, exsudato fibrinoso e poucos neutrófilo

2. Hepatizacao vermelha: exsudação de hemácias, neutrófilo e fibrina. Predominam hemácias

3. Hepatizacao cinzenta: desintegração das hemácias. Exsudato neutrofilico. Fase supurativa

4. Resolução ou organização: macrófago fagocitam Debris. Resolução do processo

39

Qual o principal patógeno envolvido na PNM lobar?

Pneumococo

40

Qual o principal tipo histopatologico da PNM?

Broncopneumonia

41

Qual o principal tipo histopatologico da pneumonia por pneumococo?

Brocopneumonia

42

O que faz com que um germe possa ser considerado atípico?

1. Não corado pelo gram
2. Não crescem em meios de cultura convencionais
3. Resistentes ao betalactamico

43

Quais são os germes atípicos nais comuns?

1. Mycoplasma Pneumoniae
2. Chamydia Pneumoniae
3. Vírus respiratórios: adenovírus, influenza e VSR
4. Espécies de Legionella

44

Qual o patógeno mais comum de TODAS as PNMs?

Streptococcus pneumoniae

Diplococo gram-POSITIVO

45

Quais os patógenos mais comuns em cada ambiente?

Ambulatorial:
Pneumococo
Mycoplasma
Chlamydia
Haemophilus
Vírus

Enfermaria:
Igual + Legionella

UTI:
Típicos
Menos os atípicos
Legionella
S. Aureus
Bastonetes gram-negativos (pseudomonas e klebsiella)

46

Corticoide inalatorio é considerado fator de risco para PNM?

Isoladamente NÃO

Paciente asmático tem 2x mais risco

47

Quando encontramos tipicamente os corpúsculos de Dohle na hematoscopia?

Geralmente na pneumonia típica pela intenção ativação de neutrófilo

48

Quais as características laboratoriais da pneumonia típica?

Leucocitose com desvio a esquerda

49

A leucopenia na PNM típica tem qual significado?

Péssimo prognóstico

50

Quais as características da consolidação pulmonar no exame físico?

1. Aumento do FTV
2. Sim bronquial (sopro tubario)
3. Submacicez
4. Beincofonia
5. Pectoriloquia

51

Quais as características do derrame pleural no exame físico?

1. Ausência de FTV
2. Ausência de murmúrio vesicular
3. Submacicez
4. Egofonia

52

Posso fazer o acompanhamento do paciente com PNM pelo Rx?

NÃO.

53

Posso determinar o agente etiológico a partir dos padrões radiológicos?

NÃO. Apesar de alguns serem típicos

54

Quando encontramos consolidação em Lobo superior com parábola inferior (Síndrome do lobo pesado), é mais comum com qual patógeno?

Klebsiella pneumoniae (pneumonia de Friedlander)

55

Qual o quadro clínico de uma PNM atípica?

Sintomas gerais + sintomas virais + subagudo

Tosse principal sintoma

56

Quando encontramos importante HIPOnatremia e elevação das enzimas hepáticas em uma pneumonia, é mais comum com qual patógeno?

Legionella

57

Como podem ser os infiltrados numa PNM atípica?

Broncopneumonico
Reticular
Reticulonodular

58

Como é dado o diagnóstico de PNM?

Clínico + RADIOLÓGICO (sempre)

59

Qual indicação de pesquisa de patógeno em PNM?

Somente para os que têm indicação de internação

60

Qual exame sempre deve ser solicitado para paciente que ficará internado?

Exame de escuro (Gram e cultura)

61

Quando um exame de escarro é considerado satisfatório?

1. >25 polimorfonucleares
2. <10 células epiteliais por campo

62

Quando deve ser solicitada hemocultura?

1. Internação em CTI
2. Infiltrado cavitário
3. Leucopenia
4. Asplenia
5. Intoxicacao alcoólica
6. Resultado de TAU positivo para pneumococo
7. Derrame pleural
8. Doença pulmonar obstrutiva/estrutural grave

63

A broncofibroscopia é o exame invasivo de escolha para a coleta de material de via aérea inferior. Qual sua indicação?

1. Não responsividade aos antibióticos
2. Pneumonia em imunodeprimidos

64

Segundo o criterio PSI, como deve ser o tratamento?

Classe I e II - ambulatorial
Classe III - individualizado
Classe IV e V - hospitalar (V pensar em UTI)

65

Quais são os pacientes da classe I do PSI?

1. < 50 anos
2. Sem comorbidades nenhuma
3. Glasgow 15
4. FC <125
5. FR < 30
6. PAS > 90
7. Temperatura 35-40

66

Quais os critérios para indicar CTI?

Critérios maiores:
1. Choque, necessitando de vasopressor
2. Ventilação mecânica

Critérios menores:
1. CUR
2. Leucopenia
3. Trombocitopenia <4000
4. Hipotensão com reposição volemica agressiva
5. Infiltrado multilobar
6. P/F < 250
7. Hipotermia

Precisa de 1 maior ou 3 menores

67

Quais os critérios de Ewig para indicar CTI?

Maior:
1. Ventilação mecânica
2. Choque séptico

Menores:
1. P/F < 250
2. Envolvimento multilobar
3. PAS < 90
4. PAD < 60

1 maior ou 2 menores

68

Tratamento de menores de 50 anos sem comorbidades ou fatores de risco?

Macrolideo ou amoxicilina (doxiciclina nos EUA)

69

Tratamento de maiores de 50 anos ou comorbidades ou fatores de risco...

Flouroquinolona
Ou
Macrolideo + betalactamico

70

Quais os fatores de risco para PNM, que indicam tratamento individualizado?

1. Alcoolismo
2. DPOC
3. Pneumonia estrutural (brinquiectasias)
4. Abscesso pulmonar
5. Exposição a fezes de pássaros ou morcegos (histoplasma capsulatum)
6. Exposição a pássaros (chlamydophila psittaci)
7. Exposição a animais em fazendas (coxiella burnetti)
8. HIV
9. Obstrução endobronquica

71

Tratamento em enfermaria...

Fluoroquinolona
Ou
Macrolideo + betalactamico

72

Tratamento em CTI...

Sem pensar em PSUDOMONAS:
Betalactamico + macrolideo
Ou
Betalactamico + fluoroquinolona (sem cipro)

Pensando em PSEUDOMONAS:
Betalactamico com ação antipseudomonas + levo/cipro ou aminoglicosideo com fluoroquinolona ou aminoglicosideo com macrolideo

73

Pensou em s.aureus faz o que quanto a tratamento?

Vancomicina ou linezolida

Não utilizar Daptomicina para PNM

74

Quando pensar em pseudomonas?

1. Doença pulmonar estrutural
2. DPOC grave
3. Uso prévio de atb e corticoide

75

De acordo com a fase evolutiva do empiema, qual a conduta?

1. Exsudativa - sem separaçõesc drenagem em selo d’água

2. Fibrinopurulenta - pleuroscopia ou infusão intrapleural de trombolíticos (estreptoquinase)

3. Fase de organização - toracotomia ou toracoscopia com decorticação ou drenagem aberta (pleusrostomia)

76

Qual a cirurgia preconizada para abscesso pulmonar não respondedor?

Lobectomia

77

Qual a fisiopatogenia do abscesso pulmonar em porcentagens?

80% primário
20% secundário (doença estrutural)

78

Qual o período de evolução clínica de um abscesso pulmonar?

Lenta e indolente

79

O que pensar numa PNM não respondedora?

1. Resistência
2. Coleção purulenta
3. Pneumonia obstrutiva
4. Germe não coberto
5. Febre do atb
6. Infiltrado não infeccioso

80

O que fazer em pneumonia não respondedora?

Solicitar bronfibroscopia com coleta de material > biópsia guiada por toracoscopia ou a céu aberto

81

Qual a população com indicação de vacina anti-influenza?

1. >60 anos
2. Crianças de 6 meses a 2 anos
3. Profissionais de saúde
4. Povos indígenas
5. Professor escola pública e privada
6. Portadores de doenças crônicas
7. Gestantes e puérperas até 45 pós-parto
8. População privada de liberdade

82

Qual a população com indicação de vacina pneumocócica?

1. > 60 anos
2. Indígenas
3. Gestantes
4. Profissionais de saúde

1 dose p13 + 1 dose p23 (após 6 meses) + 1 dose p23 após 5 anos

83

Qual a fisiopatogenia da pneumonite química (síndrome de mendelson)?

Aspiração de suco gástrico.
Desenvolvimento dos sintomas após horas da aspiração

ATB NÃO INDICADO

84

Qual o tipo de Legionella mais implicado na Doença dos Legionários?

Sorotipo 1

85

Quais as formas de fazer diagnóstico de Legionella?

1. Antígeno urinário
2. Anticorpo fluorescente direto no exame de escarro
3. Cultura de escarro em meio próprio
4. Sorologia

86

Quais os germes gram-positivos e quais os gram-negativos?

Gram-positivos:
- s.pneumoniae
- s.aureus
- s.pyogenes

Gram-negativos:
- Haemophilus
- klebsiella
- Legionella
- moraxella

87

Pneumatoceles é tipicamente encontrada em pneumonia por qual patógeno?

S. Aureus

88

Qual a principal fisiopatogenia da PNM nosocomial?

Aspiração

89

Qual a definição de PNM nosocomial?

Aquela cujos sintomas se desenvolveram após 48h de internação hospitalar

Pacientes em rotina de hemodiálise

Cuidados relativos à saúde em domicílio (internação domiciliar)

90

Qual a definição de PNM associada a VM?

Desenvolve PNM após 48h da intubação

91

Os agentes mais comuns na PNM nosocomial são...

S.pneumoniae e Haemophilus influenzae

92

Como é dado diagnóstico de PNM nosocomial?

Surgimento ou agravamento de infiltrado pulmonar na radiografia + 1 dos critérios seguintes:

1. Febre >=38
2. Leucocitose >10000 ou leucopenia <4000
3. Purulência do escarro ou da secreção traqueal
4. Piora da oxigenação (P/F)

93

Qual a conduta frente a diagnóstico de PNM nosocomial?

Solicitar coleta de material de via aérea inferior para cultura semiquantitativa

94

PNM nosocomial de baixo risco de morte ou PAVM sem fator de risco para MDR ou MRSA... como tratar?

Betalactamico com ação antipseudomona ou pipe/Tazo ou cefepime/ceftazidina

95

PNM nosocomial de alto risco de morte ou PAVM com fator de risco para MDR ou MRSA... como tratar?

Beta-lactamico de ação abripseudomona + levo/cipro ou amicacina ou gentamicina ou tobramicina (aminoglicosideo) + vanco/linezolida (se risco de MRSA)

96

Quais são os fatores de pior prognóstico para PNM nosocomial ?

1. Bacteremia
2. Infecção por P.aeruginosa
3. Internado em CTI
4. Choque
5. Coma
6. Doença de base
7. APACHE II alto
8. SDRA

97

Qual o período de tratamento da PNM nosocomial?

7 dias se boa melhora clínica

Pode ser acompanhada junto com a procalcitonina

98

Quais são as indicações para pesquisa de imunodeficiência humoral primária?

Sepse por pneumonia ou meningite e bacteriano grave

Três ou mais episódios de pneumonia em 1 ano

99

Qual principal complicação do uso de óleo mineral em paciente debilitado?

Pneumonia química por aspiração = pneumonia lipoidica

100

Qual etiologia comumente associada a infecção pulmonar após infecção por influenza?

S.aureus

101

Quais são os grupos de risco para influenza que devem receber oseltamivir?

1. Idade > 60 e <5 (principalmente <2)
2. Indígena aldeadoh
3. Gestante qualquer idade até 2 semanas pós-parto
4. Portadores de doenças crônicas
5. <19 anos com uso prolongado de AAS (síndrome de Reye)
6. Obesidade (principalmente IMC >40)

102

Qual infecção de influenza é mais grave em crianças, vírus A ou B?

Vírus A (H3N2)

103

Até quanto tempo devemos iniciar o oseltamivir?

48 horas

Mas em benefício mesmo após isso em pacientes selecionados

104

O uso do oseltamivir depende do status vacinal?

Não

105

Os vírus influenza animais são idênticos aos humanos e de fácil transmissao?

Não

106

Sinal semiológico de sopro anforico sugere o que? Diante de aspiração de conteúdo gástrico, qual etiologia para a pneumonia e qual atb é utilizado?

Abscesso pulmonar

Polimicrobiana

Clindamicina

107

Quais os parâmetros indicam a retirada do selo d’água diante de um empiema pleural?

Débito do dreno < 50ml/dia
Re-extensão pulmonar