133 Leucemia Mieloide Cronica Flashcards Preview

Hemato > 133 Leucemia Mieloide Cronica > Flashcards

Flashcards in 133 Leucemia Mieloide Cronica Deck (74)
Loading flashcards...
1

(LMC - trat) Ponatinib é o unico activo na mutaçao T315L, com respostas citogeneticas completas de ..%

50-70%

2

(LMC) Antes do inibidores da tirosina cinase (TKI), a sobrevida medias aos 10 anos era de ..%; atualmente, com o imatinib, a sobrevida media é de ..% aos 10 anos

menos de 30% aos 10 anos antes dos TKIs
85% aos 10 anos com o imatinib

Ps: O transplante alogenico, embora curativo, é o tratamento de 2a ou 3a linha

3

(LMC - trat) Os efeitos laterais serios ocorrem em ...% dos doentes

menos de 5-10% dos doentes - sao fenomenos pouco comuns mas clinicamente significativos para o prognostico a longo prazo

Ps: 5-10% nesta aula
- Efeitos laterais serios
- Linfadenopatias
- Doentes que se apresentam de novo na fase aguda ou blastica

4

(LMC) Antes da era do imatinib a mortalidade anual nos primeiros 2 anos era de ..% e ..% a partir daí (sem transplante a doença evoluia para a morte); com o imatinib a mortalidade anual nos primeiros 12 anos é de ..% com uma sobrevida aos 10 anos de .% se considerando so mortes relacionadas com LMC (50% das mortes sao derivadas da idade, outras alteraçoes medicas, acidentes ou suicidios)

Antes da era do imatinib a mortalidade anual nos primeiros 2 anos era de 10% e 15-20% a partir daí (sem transplante a doença evoluia para a morte); com o imatinib a mortalidade anual nos primeiros 12 anos é de 2% com uma sobrevida aos 10 anos de 93% se considerando so mortes relacionadas com LMC (50% das mortes sao derivadas da idade, outras alteraçoes medicas, acidentes ou suicidios)

5

(LMC) A marca citogenetica da LMC, encontrada em ...% dos pacientes é a t(9;22) (q34;q11,2); alguns pacientes apresentam translocaçoes complexas que envolvem 3,4 ou 5 cromossomas (em geral, incluindo os cromossomas 9 e 12): estas alteraçoes conferem melhor ou prior prognostico e resposta à terapeutica?

90%

Prognostico e resposta à terapeutica SEMELHANTES!!

Ps: 5-10% apresentam anormalidades cromossomicas adicionais, algumas historicamente associadas a pior prognostico (trissomia 8, duplo Ph ou anormalidades do cromossoma 17)

6

(LMC) Causa do rearranjo BCR-ABL é desconhecida mas esta presente em ..% dos adultos, ..% das crianças e ..% no cordao umbilical

25% dos adultos
5% das crianças
0% no cordao umbilical

7

(LMC) A t(9;22) (q34;q11,2) esta presente em mais de ...% dos casos; esta presente em que celulas?

t(9;22) presente em mais de 90% dos casos

Presente nas celulas HEMATOPOIETICAS (mieloide, eritroide, megacariocitos, e monocitos; menos frequentemente em linfocitos B maduros; raro nos linfocitos T maduros, mas nao nas cels do estroma) MAS NAO nas restantes cels do corpo

8

(LMC) Monitorizaçao da terapia com TKI é essencial para avaliar a compliance, resposta, resistencias e analise de mutaçoes; defina:
- Resposta citogenetica parcial
- Resposta citogenetica completa
- Resposta molecular major
- Resposta molecular completa

Resposta citogenetica PARCIAL
- Menos de 35% de matafases Ph positivo
equivalente a
- Igual ou menor que 10% de BCR-ABL

RESPOSTA CITOGENETICA ANORMAL
- Ausencia de metafases Ph
equivalente a
- Igual ou menor que 1% de BCR-ABL

Resposta molecular MAJOR
- BCR-ABL igual ou menor que 0,1%
ou
- Reduçao igual ou superior a 3-log

Resposta molecular COMPLETA
- BCR-ABL indetectavel
ou
- Reduçao igual ou superior a 4,5-log

9

(LMC) A INCIDENCIA NAO SE ALTEROU nas ultimas decadas (1,5/100 000); com os TKIs, a mortalidade passou de ..% para ..%, esperando-se que a prevalencia continue a aumentar ate 2030

Mortalidade passou de 10-20% para 2% com os TKIs e espera-se que a prevelancia continue a aumentar

10

(LMC) A fusao do gene forma uma nova oncoproteina com peso molecular de 210kDa, referida como p210eBCR-ABL1; quais sao as outras 2 proteinas que se podem formar e estao associadas a melhor ou pior prognostico?

p190eBCR-ABL1 - PIOR prognostico
- na LLA com Ph positivo ou raros casos de LMC

p230eBCR-ABL1 - curso mais INDOLENTE

!!! IMPORTANTEEEE - a 2a ja saiu e ainda vai sair a 1a xD !!!

11

(LMC - trat) V ou F? Dasatinib e nilotinib vs imatinib têm maiores taxas de resposta citogeneticas completas, maiores taxas de resposta molecular major, menores taxas de transformaçao e maior sobrevida

F - SEM beneficio dos TKIs de 2a geraçao na sobrevida - Terapia de resgate com outros TKIs é muito eficaz

(Basicamente: damos imatinib e se nao funcionar é que usamos os de 2a geraçao pq o imatib por si só ja é mt eficaz)

Ps: Imatinib
- Resposta citogenetica completa de (83% - 60-65% anos 5 anos)
- Taxa de sobrevida sem eventos - 81%
- Sobrevida global - 85%
- Transformaçao para fase acelerada/ blastica dos 4-8 anos é inferior a 1%

12

(LMC - trat) Os efeitos secundarios serios ocorrem em menos de 5-10% dos doentes; sao fenomenos pouco comuns mas clinicamente significativos para o prognostico a longo prazo e ocorrem a taxas significativamente mais elevadas que a populaçao em geral (5-20x mais frequentes); quais ou efeitos serios dos TKIs no geral e em especifico de cada? (mais ou menos xD)

TKIs - Disfunçao e insuf renal em 2-3% que reverte com a descontinuaçao

Dasatinib - HT pulmonar em menos de 1-2%, reversivel com a descontinuaçao e melhora com sildenafil

Ponatinib - HTA (mais freq neste mas tb ocorrem com outros TKIs)

Nilotinib - Hiperglicemia e diabetes

Nilotinib e Ponatinib - eventos vasooclusivos e vasoespasticos - indicaçao para reduzir ou interromper

13

(LMC) Como se estabelece o diagnostico de LMC?

O diagnostico de LMC é estabelecido pela identificaçao de uma expansao clonal de uma stem cell hematopoietica com translocaçao recíproca entre os braços longos dos cromossomas 9 e 22 (t(9;22) (q34;q11.2 - citogeneticamente detetado como cromossoma Philadelphia (Ph))
- Esta translocaçao resulta da fusao sequencial do gene BCR no cromossoma 22q11 com o gene ABL1 localizado no cromossoma 9q34

14

(LMC) A progressao da doença com uma fase de mielofibrose era comum na terapia com bussulfano (...%) mas rara na era dos TKIs

20-30%

15

(LMC) Qual é o achada mais comum ao exame fisico? (e %)

ESPLENOMEGALIA (20-70%) - achado fisico mais comum

Outras alteraçoes sao
- Hepatomegalia (10-20%)
- Linfadenopatia (5-10%)
- Doença extramedular

Ps: Contagens ELEVADAS de BASOFILOS podem-se associar a produçao aumentada de histamina que causa prurido, diarreia,flushing e ulceras GI

16

(LMC) Em doentes NAO tratados, é comum leucocitose entre ...

10 e 500 x10e9/L

Ps:
- Observa-se um desvio para a esquerda da hematopoiese, com predominancia de neutrofilos e presença de celulas em banda, mielocitos, metamielocitos, promielocitos e blastos (inferior a 5%)
- Basofilos e/ou eosinofilos podem estar aumentados e anemia esta presente em 1/3 dos casos
- Trombocitose é comum e a trombocitopenia é rara, mas quando presente, sugere pior prognostico, acelaraçao da doença ou etiologia nao relacionada

17

(LMC) V ou F? O nao atingimento de resposta molecular major ou completa nao deve ser considerada uma falha do tratamento ou indicaçao para o alterar

V

Importante !!

18

(LMC - trat) Bosotinib provoca complicaçoes GI como diarreia em ..% sendo precoces e autolimitadas

50-70%

19

(LMC) Qual a predominancia de genero e a idade media de diagnostico?

Ligeira predominancia MASCULINA (Ps: tal como a LMA)

Idade media de diag 55-65 anos

Ps: A incidencia da LMC aumenta lentamente com a idade ate aos 40-50 anos, altura em que começa a elevar-se rapidamente

20

(LMC - trat) Qual destes nao esta aprovado para a fase blastica?
1 - Imatinib
2 - Dasatinib
3 - Nilotinib
4 - Bosutinib
5 - Ponatinib

Nilotinib

21

(LMC) V ou F? A MO apresenta hiperplasia mieloide numa razao M/E de 15-20/1

V

22

(LMC) V ou F? Resposta molecular major diminui o risco de progressao e recidva mas nao aumenta a sobrevida

V
- Se resposta duravel (mais de 2 anos) pode-se interromper temporariamente em mulheres que querem engravidar

23

(LMC - trat) V ou F? Nos locais onde os TKIs nao estejam disponiveis, o transplante pode ser a 1a linha de tratamento

V

24

(LMC - trat) Falencia em alcançar resposta citogenetica completa aos ..(tempo) ou ocorrencia de recaida citogenetica ou hematologica tardia é considerada falencia de tratamento e é indicaçao para alterar o tratamento; porque a terapia de resgate com outros TKIs restabelece bom prognostico, é fundamental assegurar a compliance para que ao minimo sinal de recidiva se altera a terapeutica

12 meses

25

(LMC) A maioria dos doentes apresenta-se em que fase da doença? (e %)

A maioria dos doentes (90%) apresenta-se na fase CRONICA ou indolente
- Alguns pacientes sao diagnosticados enquanto ainda se encontram assintomaticos
- Outros apresentam fadiga, mal-estar, perda de peso ou saciedade precoce ou dor ou massa no QSE
- Alguns pacientes apresentam manifestaçoes tromboticas ou eventos vasoclusivos devido à leucocitose intensa ou trombocitose, ou diatese hemorragica

Ps: Doentes que se apresentam ou progridem para as fases acelerada ou blastica têm sintomas adicionais como febre inexplicada, perda de peso, fadiga severa, dores osseas, infecçoes e eventos tromboticos e hemorragicos

26

(LMC) Qual a incidencia antes dos 20 anos? (%)

Apenas 3% surge antes dos 3 anos
RARA em crianças

Ps: A incidencia da LMC aumenta lentamente com a idade ate aos 40-50 anos, altura em que começa a elevar-se rapidamente

27

(LMC - trat) A analise de mutaçoes na resposta citogenetica completa identifica mutaçoes em ..% e por isso NAO ESTA RECOMENDADA

igual ou inferior a 5%

28

(LMC) O objectivo terapeutico e que se associa a aumento da sobrevida é obtençao de resposta...

CITOGENETICA COMPLETA, independentemente de atingirem ou nao a resposta molecular major
- isto pode ser devido à eficacia da terapia de resgate com TKIs que deve ser implementada ao 1o sinal de recaída

29

(LMC) V ou F? Sem associaçao familiar ou a agentes etiologicos, exposiçao a toxinas ou virus

V
- A LMC NAO é frequente apos QT com agentes alquilantes e/ou RT

30

(LMC - trat) Na recidiva pos-transplante o que se pode usar? (3)

1. TKIs - ALTAMENTE eficazes na recidva pos-transplante
2. Infusoes de linfocitos do dador
3. 2o transplante