78 Hemorragia e Trombose Flashcards Preview

Hemato > 78 Hemorragia e Trombose > Flashcards

Flashcards in 78 Hemorragia e Trombose Deck (68)
Loading flashcards...
1

(Hemorragia e Trombose - Pacientes com disturbios hemorragicos) V ou F? Hematomas de formaçao facil e menorragia constituem queixas comuns em pacientes com e sem disturbios hemorragicos, bem como diagnostico do tecido conjuntivo (Ehlers-Danlos, Cushing, uso cronico de esteroides, envelhecimento - purpura senil)

V

2

(Hemorragia e Trombose - Pacientes com disturbios hemorragicos) V ou F? AAS prejudica a hemostase primaria e o efeito pode persistir durante 7 dias embora frequentemente reverta em 3 dias apos a ultima dose; os AINES tb prejudicam a hemostase primaria e o efeito inibidor da COX-1 é revertido quando o farmaco é suspenso

V

3

(Hemorragia e Trombose - Pacientes com disturbios hemorragicos) Qual é o sintoma mais comum na telangiectasia hemorragica hereditaria e meninos com DVW?

Epistaxis

Ps:
- Epistaxis é comum em crianças sem patologia em climas SECOS
- DD: ausencia de variaçao sazonal e sangramento que requer intervençao (nos casos de disturbios)

4

(Hemorragia e Trombose) V ou F? O TP mede apenas um aspecto da hemostasia afetada pela disfunçao hepatica - risco de subestimar o risco hemorragico

F - SUPERESTIMAR o risco hemorragico

5

(Hemorragia e Trombose - Pacientes com disturbios hemorragicos) V ou F? A amigdalectomia nao apresenta grande risco hemorragico contudo pode ocorrer sangramento ate 14 dias apos

F
Amigdalectomia
- Desafio hemostatico MAJOR
- Sangramento pode ocorrer logo apos a cirurgia ou ate 7 dias apos

6

(Hemorragia e Trombose) V ou F? O INR foi desenvolvido para avaliar a anticoagulaçao causada por diminuiçao de fatores dependentes da vit K; INR tb é usado na avaliaçao dos pacientes com doença hepatica, mas tem pior correlaçao: apenas prevê risco hemorragico de forma aproximada (geraçao de trombina é frequentemente normal em disfunçao hepatica ligeira a moderada)

V

7

(Hemorragia e Trombose) V ou F? Previsor mais importante de recorrencia no TEV é evento idiopatico

V

8

(Hemorragia e Trombose) Que fatores mede o aPTT? Gerlamente torna-se prolongado com deficiencia de fator isolada de ...%

I, II, V, VIII, IX, X, XI, XII, HMWK, PK

Gerlamente torna-se prolongado com deficiencia de fator isolada de 30-50%

Ps: A composiçao fosfolipídica dos reagentes varia, o que influencia a sensibilidade às defciencias de fator - resultados variam em funçao do laboratorio

9

(Hemorragia e Trombose) V ou F? A participaçao do fator XI depende da ativaçao pelo feedback positivo pela trombina, ou seja, tem papel na amplificaçao e nao na iniciaçao

V

10

(Hemorragia e Trombose) Qual é o principal fator de risco para trombose arterial?

Aterosclerose

11

(Hemorragia e Trombose) Qual é o previsor mais forte de recorrencia de TEV?

Evento IDIOPATICO - pelo que o aspecto mais importante na trombose venosa é determinar precisamente se o evento foi idiopatico

12

(Hemorragia e Trombose) V ou F? Os anticorpos antifosfolipidicos sao frequentemente positivos de forma transitoria na doença aguda

V

13

(Hemorragia e Trombose) Qual é o principal mediador da agregaçao plaquetária? E qual é o recetor mais abundante na superficie plaquetária?

GP IIb/IIIa

Ps:
- Quanto ativo liga ao fibrinogenio e FVW
- Cada plaqueta tem cerca de 50 000

14

(Hemorragia e Trombose) V ou F? PAF-100 mede coagulaçao dependente das plaquetas sob condiçoes de fluxo; menos sensivel e especifico para DVW que o tempo de sangramento; o tempo de oclusao do PFA-100 esta aumentado em alguns disturbios plaquetarios; utilidade na previsao de risco hemorragico nao determinada

F - MAIS sensivel e especifico para DVW que o tempo de sangramento MAS NAO É suficientemente sensivel para excluir disturbios hemorragicos

15

(Hemorragia e Trombose - Pacientes com disturbios hemorragicos) V ou F? Sangramento com o primeiro dente é comum em disturbios hemorragicos ligeiros

F - INCOMUM em disturbios hemorragicos LIGEIROS

16

(Hemorragia e Trombose) V ou F? Os niveis de proteina C e S podem aumentar em caso de trombose aguda e diminuem com a varfarina

V

17

(Hemorragia e Trombose) V ou F? A vit K tb é necessaria para processos pro-coagulantes

V

Apesar de ser necessaria para processos pro e anticoagulantes, o fenotipo é HEMORRAGICO

18

(Hemorragia e Trombose) Hemartroses espontâneas constituem uma caracteristica essencial da deficiencia MODERADA a GRAVE dos fatores..

VIII e IX
(e em raras circunstancias de outros fatores em defice)

19

(Hemorragia e Trombose - Pacientes com disturbios hemorragicos) Hemorragias potencialmente fatais (3) e qual delas é a principal causa de morte relacionada com sangramento em pacientes com deficiencias congenitas graves de fator?

- Orofaringe
- Retroperitoneu
- SNC - PRINCIPAL causa de morte relacionada com sangramento em pacientes com deficiencias congenitas graves de fator

20

(Hemorragia e Trombose) V ou F? Os D-dímeros sao marcadores sensiveis da formaçao do coagulo

V

21

(Hemorragia e Trombose) Trombina tambem ativa o fator... que estabiliza o coagulo de fibrina - ligaçoes covalentes

XIII

22

(Hemorragia e Trombose - Pacientes com disturbios hemorragicos) V ou F? Sangramento GI e hematúria sao geralmente causados por patologia subjacente e devem adotar-se procedimentos para identificar e tratar o local atingido mesmo em pacientes com diagnosticos hemorragicos

V

23

(Hemorragia e Trombose) A coagulaçao normalmente é iniciada pela exposiçao do ... por lesao vascular (via extrinseca); amplificaçao ocorre pela via intrinseca

Fator Tecidual - expresso constitutivamente na superficie subendotelial e em micropartículas circulantes

24

(Hemorragia e Trombose - Pacientes com disturbios hemorragicos) Menorragia é definida por perda de mais de ... e tem .. (baixa/alta) correlaçao com queixas de perda excessiva; previsores? (4)

- Perda superior a 80 mL/ciclo
- BAIXA correlaçao com queixas de perda excessiva
- Previsores
- Anemia ferropenica
- Necessidade de transfusao
- Coagulos maiores que 2,5 cm
- Troca de tampao em menos de 1h

Ps:
- Relatada na maioria das mulheres com DVW, deficiencia do fator XI, portadoras sintomaticas de hemofilia A
- Menorragia nas mulheres com disturbios hemorragicos tem mais probabilidade de começar na menarca do que em menorragias por outras causas

25

(Hemorragia e Trombose) A sensibilidade do exame (TP) varia de acordo com a fonte de ..

TROMBOPLASTINA - Indice de Sensibilidade Internacional (ISI) reflete sensibilidade das diferentes tromboplastinas na reduçao dos fatores

26

(Hemorragia e Trombose) Que fatores mede o TP?

I, II, V, X (via comum) e VII (via extrinseca)

27

(Hemorragia e Trombose) V ou F? Uma trombofilia genetica pode ser um determinante minor de trombose venosa

V

28

(Hemorragia e Trombose) Regulaçao fisiologica da fibrinolise (3)

1. Inibidores do ativador do plasminogénio - PAI-1 (inibidor primario de tPA e uPA); PAI-2

2. Inibidor da fibrinolise passivel de ativaçao pela trombina - TAFI - cliva os residuos de lisina N-terminais da fibrina

3. Alfa2-antiplasmina - principal inibidor da plasmina livre (se fibrina) no plasma humano

29

(Hemorragia e Trombose) Nos ensaios de fator especifico o plasma do doente é misturado com plasma deficiente no fator em estudo: isto irá corrigir todas as deficiencias de fator em mais de ..% tornando o prolongamento na formaçao do coagulo dependente do fator em falta no plasma

50%

30

(Hemorragia e Trombose) A idade é um fator de risco importante para trombose venosa - o risco de TEV aumenta por decada, com uma incidencia aprox de ... na infancia a .... nos 80s

1/ 100 000 por ano na infancia
1/ 200 por ano nos 80s