338 Doenças Glomerulares Flashcards Preview

Nefro > 338 Doenças Glomerulares > Flashcards

Flashcards in 338 Doenças Glomerulares Deck (243)
Loading flashcards...
1

(Doença com alteraçoes minimas)
Crianças ...% conseguem remissao completa apos ...sem de GCT;
Adultos ...% conseguem remissao completa apos ..sem de GCT

crianças 90-95% apos 8 sems
adultos 80-85% apos 20-24 sems

2

(Doença de Fabry) Qual o trat?

1. Inibidores de SRAA
2. alfa-galactosidade A recombinante (diminui nos rins corçao e pele)
3. Transplante renal (respostas variaveis podem dever se à ocorrencia de atc neutralizantes ou diferenças no uptake enzimatico; sobrevida do paciente e enxerto semelhante a outras causas de DRET)

3

(Nefropatia IgA) Quais sao os factores de risco? (6) E têm um risco cumulativo de quanto? (%)

Risco cumulativo menor que 50%

1. HTA
2. Proteinuria
3. AUSENCIA de episodios de hematuria macroscopica
4. Sexo masculino (é mais comum no homem esta doença)
5. Maior idade
6. GE extensiva ou fibrose intersticial

Ps: PIOR PROGNOSTICO se: Proteinuria persistente ha 6 ou mais meses

4

No trat da malaria, ..% responde aos GCT

menos de 50%

5

(GN pos-estreptococica) Morte precoce é comum?

Rara em crianças
Ocorre em idosos

6

(Doenças Glomerulares) A proteinuria persistente faz DD com proteinuria benigna (valor) que pode ser protenuria funcional ou transitoria (6) ou proteinuria ortostatica que tem prognostico..

menos 1 g/24h

Febre
Exercicio
Obsesidade
Apneia do sono
Stress emocional
ICC

Proteinuria ortostatica tem prognostico benigno

7

(Doenças Glomerulares) V ou F? A doença glomerular apresenta habitualmente hematuria e proteinuria em graus variaveis

V

8

Na SHU associada a diarreia entero-hemorragica, qual a toxina libertada? E por quem? E quando o trat?

Toxina Shiga
Pela E. coli O157:H7 (ocasionalmente S. dysenteriae)
Trat de suporte (NAO dar AB)

9

(Nefrite lupica) Como grupo, ..% dos pacientes com nefrite lupica evoluirao para DRET necessitando de dialise ou de um transplante

20%

10

(GESF) Como se trata a GESF primaria? E a secundaria?

GESF Primaria:
IECAs mais
GCT(se proteinuria nefrotica e tem menor resposta comparadamente à doença altera minimas)
(mais Ciclosporina - assegura a remissao mas recidiva apos cessaçao e nefrotoxicidade assonciada)

GESF Secundaria:
Tratamento da causa subjacente e controlo da proteinuria

11

(Doenças Glomerulares) V ou F? Ao avaliar uma hematuria microscopica, talvez acompanhada de proteinuria minima (menos de 500mg/24h), é importante excluir a presença de lesoes anatomicas, como malignidade do tracto urinario, particularmente homens mais velhos

V
Causas de hematuria microscopica:
- Doença glomerular (maioria)
- HBP
- Nefrite intersticial
- Necrose papilar
- Hipercalciuria
- Calculos renais
- Doenças renais quisticas
- Lesao vascular renal

12

(Doença anti membrana basal) V ou F? Em idosos a lesao renal é geralmente assintomatica, sendo que oliguria esta associada a um resultado particularmente desfavoravel, e este grupo de doentes tem pior prognostico

V

13

(Nefropatia IgA) Qual é o genero com maior incidencia? E a idd de maior incidencia?

HOMENS
Maior incidencia na 2a e 3a decada

14

(Doença com alteraçoes minimas) O que sao os respondedores primarios?

Sao aqueles que têm remissao completa (proteinuria menos de 0,2 mg/24h) apos uma unica sequencia de prednisona

15

(Nefropatia diabetica) Microalbuminuria é um poderoso factor de risco para eventos CV e morte na diabetes

F, DM 2222222222

16

(Amiloidose renal) Qual o trat em cada amiloidose?

AL - melfalana e transplante hematopoietico - atrasa a evoluçao em 30% dos pacientes

AA - controle da doença primaria

17

(Doenças Glomerulares) Suspeitar de hematura se 1a urina da manha com .. (nr) hemacias no centrifugado

3-5

18

(S. nefritico Vasculite dos pequenos vasos induzida por ANCA) Qual o trat visto que sao todas tratadas da mesma maneira?

Terapia de induçao: Plasmaferese mais Metilprednisolona mais Ciclofosfamida (pulsos mensais IV de ciclofosfamida sao tao eficazes como ciclofosfamida oral diariamente, mas estao associados a maior recaída)

Terapia de manutençao: Reduzir dose de GCT assim q inflamaçao subsidir e manter ciclofosfamida ou AZA ate 1 ano para minimizar o risco de recaida

19

(Nefropatia diabetica) A maioria dos pacientes com nefropatia diabetica sofre de DM de qual dos tipos?

Tipo 2
Cerca de 40% dos pacientes com DM tipo 1 e 2 desenvolvem nefropatia, mas em virtude da alta prevalencia de DM tipo 2 (90%) em comparaçao com o tipo 1 (10%), a maioria dos doentes com nefropatia diabetica sofre de doença do tipo 2

20

(Doenças Glomerulares) V ou F? Nos adultos (maioria) a proteinuria é nao selectiva enquanto que nas crianças com doença com alteraçoes minimas a proteinura é selectiva e composta largamente por albumina

V

21

(GN pos-estreptococica) Quais sao as 2 infecçoes que geralmente ocorrem, nomeadamente pelos tipos M de estreptococus (estirpes nefrogenicas) e quando tempo apos ocorrem se da a GN?

Impétigo - 2 a 6 sems apos infecçao

Faringite - 1 a 3 sems apos infecçao

Ps: o tempo do impetigo sao os 2 valores da faringite a duplicar!

22

(Nefrite lupica) V ou F? Não é uma complicaçao comum de LES contudo é uma complicaao seria

F, é comum e séria

23

(Nefropatia diabetica) Quando testar microalbuminuria para DM tipo 1 e 2?

DM 1: Testar 5 anos apos o inicio e dps anualmente

DM 2: Testar ao diagnostico e dps anualmente

24

(Doenças Glomerulares) A grande maioria das doenças glomerular dao hematuria microscopica; quais podem dar macroscopica? (2)

Nefropatia por IgA
Doença falciforme

25

(GN pos-estreptococica) Os sintomas sistemicos de cefaleia, mal estar, anorexia e dor no flanco (por tumefacçao da capsula) ocorrem em apox ..%

50%

26

(Nefropatia diabetica) V ou F? Rins geralmente diminuidos

F, normais ou aumentados na nefropatia avançada

27

(S. Alport) Ligado ao X em ..% (mutaçao..); AR em ..% (mutaçao..); AD raro

85% ligado ao X (mut alfa5)
15% AR (mut alfa 3 e 4)
AD raro

28

(GN pos-estreptococica) Maioria das crinaças ha resoluçao completa da hematuria e proteinuria em .. sems; ..% das crianças: hematuria microscopica, proteinuria nao nefrotica ou HTA

3-6 sems
3-10%

29

(Nefrite lupica) Tal como na nefropatia membranosa idiopatica a classe V (nefrite membranosa) tem risco aumentado de ..

Complicaçoes trombóticas nomeadamente Trombose da veia renal

30

(Doença de Fabry) É necessario biopsia para o diag?

é INDISPENSAVEL