Endócrino 3 - Diabetes Flashcards Preview

esther 16 > Endócrino 3 - Diabetes > Flashcards

Flashcards in Endócrino 3 - Diabetes Deck (33):
1

Diagnóstico de DM

Glicemia ao acaso igual ou maior que 200 mg/dL com sintomas OU GJ igual ou maior do que 126 mg/dL em 2 ocasiões OU glic após TOTG igual ou maior do que 200 mg/dl em 2 ocasiões OU HbA1C igual ou maior do que 6,5%

2

Critérios de rastreamento trianual de DM

Maior que 45 anos, IMC igual ou maior do que 25 kg/m² e 1 fator de risco associado

3

Alvos de tto da DM

HbA1C menor do que 7%, glic pré prandial entre 80-130 mg/dl e glic pos prandial menor do que 180 mg/dl

4

Insulinas de ação rápida e ultrarrápida

Regular (início em 30min) e Lispro/Aspart (início em 5-15 min)

5

Insulinas de ação lentas

NPH (dura de 10-16h; 2x/dia) e Glargina (dura 24h; 1x/dia) e Detemir (dura 6-23h; 1x/dia)

6

Insulinas usadas no esquema de duas aplicações

Regular e NPH

7

Insulinas usadas no esquema de múltiplas aplicações

NPH pela manhã e uso de lispro/regular conforme HGT

8

Fisiopatologia do fênomeno do alvorecer

Pico de hormônios contra-insulinicos (hipoglic pela manhã)

9

Fisiopatologia do efeito de Somogyi

Hiperglicemia de rebote pela manhã devido a hipoglicemia no meio da madrugada

10

Padrão ouro na insulinoterapia

Bomba infusora com insulina ultrarrápida

11

Contra indicações ao uso de metformina

Insuficiências renal e hepática

12

Contra indicações ao uso de glitazonas ("pio")

Insuficiências cardíaca CF III-IV e hepática

13

Hipoglicemiante oral que atua em nível renal

Inibidores do SGLT2 (Glifozina), inibindo a reabsorção de glicose no túbulo proximal

14

Hipoglicemiantes orais que diminuem o peso

Metformina, análogo de GLP-1/incretina (exenatide, liraglutide) e inibidores do SGLT2 (glifozina)

15

Hipoglicemiante oral que aumenta o peso

Glitazonas ("pio") e glinida ("repa"/"nate")

16

Hipoglicemiantes orais que alteram a PA

Glitazonas ("pio") retém sal e inibidores do SGLT2 (reduzem a PA)

17

Efeitos colaterais da acarbose (diminui absorção glicose)

Flatulência e diarreia

18

Efeitos colaterais da metformina

Aumento risco de acidose latica

19

Hipoglicemiantes orais que aumentam a liberação de insulina

Sulfoniulreias ("gli") e glinida ("repa"/"nate")

20

Critérios diagnósticos da cetoacidose diabética

(1) Glicose >250, (2) cetonemia/cetonúria e (3) pH menor que 7,30 com HCO3 menor que 15

21

Indicações de tto inical de DM com insulinoterapia

Glicemia igual ou maior do que 300 ou HbA1C igual ou maior que 10%, gravidez, estresse (cirurgia/infecção), doença hepática/renal avançada

22

Tratamento da cetoacidose diabética

VIP (volume SF 0,9% 1l na 1ª hora e depois 15-25 ml/Kg) (insulina 0,1 UI/kg + 0,1 UI/kg/h até glic=250 para começar SG 5%) (Potássio repor 20-30 mEq/L se [K+] entre 3,3-5,0

23

Complicações da cetoacidose diabética

Trombose, edema cerebral, hipocalemia grave, mucormicose (Rhizopus sp, Mucor sp)

24

Critérios diagnósticos do estado hiperglicêmico hiperosmolar não cetotico

(1) Glicemia acima de 600, (2) osmolaridade maior que 320 e (3) pH maior que 7,3 com bicarbonato maior que 18

25

Características da Retinopatia diabética não proliferativa

Microaneurismas, Hemorragias intrarretinianas em chama de vela, manchas algodonosas, veias em rosário

26

Amaurose em individuos com mais de 20 anos acompanhada de microaneurismas e microhemorragias ao fundo de olho

Retinopatia diabética

27

Descolamento da retina por tração + hemorragia vítrea

Retinopatia diabética do tipo proliferativa

28

Ação da grelina e local de produção

Induz saciedade e é produzida no fundo gástrico

29

Risco aumentado com uso de incretinomiméticos

Pancreatite aguda

30

Causa mais comum de morte no portador de DM2

IAM

31

Ação do GLP-1 e dos incretinomiméticos

1. Secreção glicose-dependente de insulina
2. diminui secreção glucagon pelo pâncreas
3. Retarda o esvaziamento gástrico e induz saciedade

32

Fisiopatologia da síndrome de gastroparesia diabética

Peristalse gástrica diminuída c/ retardo do esvaziamento gástrico

33

Nefropatia diabética insipiente

Quando há apenas microalbuminúria (30-300 mg albumina na urina/24h ou mais que 30mg/g Alb/Cr em amostra aleatória)