Endometriose Flashcards Preview

Ginecologia Medcurso > Endometriose > Flashcards

Flashcards in Endometriose Deck (20)
Loading flashcards...
1

Qual a definição de endometriose?

Tecido endometrial (glândulas e estroma) fora do útero. com/sem macrófagos repletos de hemossiderina

2

Qual o quadro clínico típico de endometriose?

Dor (dismenorreia 2ª PROGRESSIVA, dispareunia de profundidade, dor pélvica) + SUA + infertilidade

3

Quais as principais teorias que explicam a endometriose?

1. Teoria da menstruação retrógrada: disseminação de tecido endometrial pelas trompas

2. Teoria da metaplasia celômica: o endométrio deriva do celoma; justifica a endometriose extra-pélvica

3. Teoria imunológica: complementa a teoria 1; o sistema imunológico é incapaz de eliminar os implantes endometriais

4

Qual o local mais comum de endometriose?

Ovário

5

Qual o local extrapélvico mais comum de implantação da endometriose?

Intestino (principalmente cólon e reto)

6

Qual a queixa mais comum de pacientes com endometriose?

Dismenorreia: cólica menstrual CÍCLICA!

7

Qual o quadro clínico lembra endometriose extrapélvica?

Dor OU massa extra-pélvica com PADRÃO CÍCLICO DE APARECIMENTO

8

Verdadeiro ou falso: Não há correlação entre tamanho dos implantes e intensidade da dor na endometriose.

Verdadeiro.

9

Qual a validade do CA-125 na endometriose?

É um bom indicador da gravidade da endometriose e de resposta ao tratamento.

10

Quais exames de imagem podem ser usados para auxiliar no diagnóstico de endometriose? Quais as vantagens e desvantagens de cada um?

USGTV. É útil no diagnóstico de endometrioma. Não visualiza implantes peritoneais.

RNM. Pode avaliar áreas inacessíveis à laparoscopia, mas pode não visualizar pequenos implantes.

Videolaparoscopia. É O MÉTODO DIAGNÓSTICO DE
ESCOLHA (permite visualização direta dos implantes e biópsia).

11

Quando deve-se indicar a laparoscopia?

Quando ela tem potencial de ser diagnóstica e terapêutica ao mesmo tempo!

12

Qual o melhor período do ciclo para realizar USGTV e laparoscopia? E por qual motivo?

Na fase folicular precoce. Para evitar a confusão com cisto de corpo lúteo e cisto hemorrágico.

13

Quais os fatores de risco para endometriose?

Macete: em situações de maior exposição estrogênica

*Menarca precoce
*Nuliparidade
*Gestação tardia
*Ciclo menstrual curto e duração do fluxo aumentada
*Obstruções do trato genital (que impeçam o fluxo menstrual)
*Baixo índice de IMC


CURIOSIDADE: tabagismo é fator protetor (como é para CA de endométrio)

14

Quais as categorias de opção terapêutica para endometriose? Quais as vantagens e desvantagens?

TRATAMENTO CLÍNICO: ACO, progesterona, danazol, gestrinona, AINE, agonista do GnRH (leuprolide, gosserelina, etc) inibidor da aromatase.
*Bom para controle da dor
*ACO e progestágenos são 1ª escolha pela menor incidência de RAM
*NÃO É EFETIVO PARA TRATAR ENDOMETRIOMA!
*Sem bons resultados para tratar infertilidade
*O uso de ACO deve ser contínuo (sem pausa na cartela)
*Efeito colateral das drogas: gestrinona, danazol, agonistas GnRH

TRATAMENTO CIRÚRGICO: laparotomia ou laparoscopia. Pode ser conservador (retirada apenas do cisto endometrioma e focos de endometriose) ou definitivo (histerectomia +- ooforectomia)
*Melhor tratamento para endometrioma
*Controversa sobre infertilidade: a cistectomia/tumorectomia (retirada do endometrioma) reduz o pool de óocitos e diminui a fertilidade
*Tratamento conservador: pacientes com desejo de engravidar
*Tratamento definitivo: pacientes com prole definida ou sem desejo de engravidar

15

Qual o mecanismo de ação do danazol e da gestrinona?

Danazol: atividade progestogênica, androgênica e anti-estogrênica
Gestrinona: atividade androgênica, anti-estrogênica e anti-progestogênica

16

Qual a melhor abordagem para o endometrioma para pacientes que desejam preservar a fertilidade?

Cirurgia laparoscópica conservadora

17

A aspiração do endometrioma por USG pode ser indicada?

NÃO! Há maior taxa de RECORRÊNCIA.

18

Qual a justificativa de se instituir o tratamento mesmo em pacientes assintomáticas?

A endometriose é uma doença PROGRESSIVA.

19

Por que análogos de GnRH não podem ser usados a longo prazo?

Porque elevam o risco de osteoporose.

20

Qual a lógica de utilizar tratamento clínico após a cirurgia conservadora?

Evitar a recidiva da doença. O tratamento pode ser feito com quaisquer drogas citadas no tratamento clínico, feito por 6 meses. Nas pacientes que não desejam engravidar, o uso de ACO sem intervalo ou SIU-LNG são boas opções.