Pediatria - Infecções Respiratórias Flashcards Preview

M.E.D. > Pediatria - Infecções Respiratórias > Flashcards

Flashcards in Pediatria - Infecções Respiratórias Deck (50):
1

Quais os valores de corte para taquipneia nas crianças por faixa etária?

até 2m: >/= 60ipm
2m - 12m: >/= 50 ipm
1 - 5 anos: >/= 40ipm

2

Quais são os principais sinais de perigo em uma criança de 2m a 5 anos com infecção de vias aéreas?

Não consegue beber;
Não consegue mamar;
Vomita tudo que ingere;
Convulsões e movimentos anormais;
Letargia;
TEC > 2 s
Batimento de asa de nariz, gemência

3

Qual o principal agente etiológico do resfriado comum e sua via principal de transmissão?

Rinovírus
Contato direto

4

Quais principais sintomas de um paciente com resfriado comum?

Coriza: 1 - 3 d hialino --> >3d mucopurulento
Obstrução nasal --> roncos na ausculta
Tosse noturna por gotejamento pós-nasal
Febre
Dificuldade de respirar, dor de garganta...

5

Por que não pode usar AAS em pacientes com infecção de vias aéreas?

Por causa da Síndrome de Reye (na suspeita de influenza e varicela)

6

Quais as principais complicações do resfriado comum?

Otite Média Aguda e Sinusite bacteriana aguda

7

O que não usar em pacientes com resfriado comum?

Mucolíticos;
Anti-tussígenos;
Descongestionantes nasais;
AAS

8

Quais as principais agentes etiológicos da Otite Média Aguda e o principal fator de risco?

Streptococcus pneumoniae
Haemophilus influenzae
Moraxella catarrhalis
Crianças < 2 anos: tuba auditiva mais horizontalizada

9

Como é a membrana timpânica normal?? e na OMA?

Normal: Transparente, brilhante, concava e móvel
OMA: hiperemiada, opaca, abaulada e otorreia

10

Qual o achado mais específico para diagnóstico de OMA na otoscopia?

ABAULAMENTO

11

Quando usar antibiótico em pacientes com OMA?

Crianças < 6 meses
Qualquer idade com otorreia ou doença grave
OMA bilateral em pacientes com 6m - 2 anos

12

Como é caracterizado doença grave em pacientes com OMA?

Dor moderada a grave
Febre >/= 39°C
Dor por mais de 48h

13

Qual mecanismo de resistência à penicilina dos agentes mais comuns da OMA?

Streptococcus pneumoniae
Alteração da afinidade da PBP
Haemophilus influenzae e Moraxella catarrhalis
Beta-lactamase

14

Qual a primeira escolha de antibiótico em pacientes com OMA? E qual indicação de dose dobrada?

Amoxicilina 45mg/Kg/dia
Indicação de dose dobrada: Resistência a PBP (amoxicilina 80 - 90 mg/Kg/dia)
< 2 anos
Criança que vai para a creche
Uso de ATB nos ultimos 30 dias

15

Quais as indicações de Clavulin em pacientes com OMA?

Produção de beta-lactamase
Falha terapêutica;
ATB nos ultimos 30 dias
Otite + Conjuntivite (Hemófilo)

16

Principal complicação da OMA e tratamento:

Mastoidite (periostite + desaparecimento do sulco retroauricular + descolamento do pavilhão)
TTO hospitalar com Ceftriaxona

17

Como se apresenta pacientes com Sinusite Bacteriana Aguda?

Quadro arrastado: sintomas > 10 dias com tosse diurna
Quadro grave: >/= 3d de febre >39°C e secreção purulenta
Quando que piora:

18

Qual a droga principal usada para o tratamento de Sinusite Bacteriana aguda e por quanto tempo?

Amoxicilina mantenho por 7 dias após a melhora clínica

19

As principais complicações e suas respectivas características da Sinusite Bacteriana aguda são:

Celulite Orbitária (proptose + dor a movimentação
edema na conjuntiva, pós-septal)
Celulite Periorbitária (pré-septal, edema de partes
moles pré-septal)

20

Principais diagnósticos diferencias da Sinusite Bacteriana aguda e como diferenciá-las:

Rinite Alérgica: Prurido, espirros exxuberantes, palidez
de mucosa e eosinofilia;
Rinite Sifilítica: Secreção sanguinolenta (1ºs 3m de vida)
Corpo Estranho: Rinorreia fétida, unilateral, sanguinolenta

21

Principal agente etiológico da Faringite bacteriana aguda

Streptococcus pyogenes (Beta hemolítico do grupo A)

22

Principais características do quadro clínico de uma faringite estreptocócica

Febre alta, dor de garganta, exsudato periamigdaliano, PETÉQUIAS EM PALATO adenomegalias

23

Faringite com vesiculas e ulceras em cavidade oral posterior, qual doença e agente etiológico?

Herpangina. Coxsackie A

24

Faringite com conjuntivite folicular não exsudativa, qual doença e agente etiológico?

Adenovirose. Adenovírus

25

Faringite com linfadenopatia generalizada, esplenomegalia e linfocitose com atipias, qual o diagnóstico e agente etiológico?

Mononucleose. EBV

26

Episódios recorrentes de febre, perpiodica, com estomatite afotsa, fanringite e adenite, qual a doença?

PFAPA

27

Qual o tratamento de escolha para faringite estreptocócica?

Penicilina Benzatina
Opção: Amoxicilina por 10 dias

28

Quais as principais complicações da faringite estreptocócica e suas caracteristicas?

Abscesso peritonsilar (+ comum), Adolescente e adulto, disfagia, sialorreia, espasmo do m. pterigoide (trismo), desvio da úlvula

Abscesso Retrofaríngeo (+grave), polimicrobiano, febra alta, disfagia, sialorreia, rigidez cervical.

29

Paciente que estava com resfriado comum evoluiu com dor de garganta, febre alta, estridor súbito, toxemia e posição do tripe: qual diagnóstico?

Epiglotite Aguda

30

Qual o agente etiológico principal da Epiglotite Aguda?

Haemophilus influenzae do tipo B

31

Qual a primeira medida a ser tomada em um paciente com suspeita de Epiglotite Aguda? E após?

Intubação Orotraqueal
ATB

32

Qual o principal agente etiológico da Laringotraqueite viral aguda (crupe viral)

Vírus Parainfluenza

33

Qual o quadro clínico típico de um paciente com crupe viral? Qual achado em uma radiografia simples?

Estridor, Tosse metálica (ladrante) e Rouquidão
Sinal da Torre

34

Qual o tratamento para um paciente com Laringotraqueite viral aguda com estridor em repouso? e sem estridor de repouso?

Com estridor de repouso:
NBZ com adrenalina + corticoide + avaliar em 2h
Sem estridor de repouso:
Corticoide (dexametasona)

35

Quais os principais diagnósticos diferenciais do Crupe Viral e suas características principais?

Laringite estridulosa/crupe espasmódico: Estridos com despertar noturno sem pródromos

Traqueíte Bacteriana: resposta parcial ou ausente à adrenalina + toxemia --> estafilococos

36

Qual sinal mais sensível para diagnóstico de infecção de via aérea inferior? E qual principal sinal de gravidade?

Taquipneia
Tiragem intercostal e toxemia

37

Principais agente etiológicos da pneumonia bacteriana na criança:

RN < 2 m: S. agalactiase (grupo B) e Gram - entérico
> 1 - 2 m: S. pneumonia e S. aureus

38

Sinais de gravidade em um paciente com infecção de via aérea inferior:

Tiragem intercostal;
BAN;
Gemência;
Cianose

39

O diagnóstico de pneumonia bacteriana é clínica, sem necessidade de radiografia de tórax! Verdadeiro ou Falso?

Verdadeiro

40

Qual o tratamento para pneumonia bacteriana aguda?

Ambulatorial (>2m): Amoxicilina 50mg/kg/dia
Hospitalar (>2m): Penicilina Cristalina IV/ Ampicilina IV/ Clavulin IV
Hospitalar (<2m): Ampicilina e Gentamicina

41

Paciente com pneumonia bacteriana em tratamento com falha terapêutica, qual provável causa e qual exame realizar nesse momento?

Derrame Pleural
Radiografia de Tórax

42

Critérios para drenagem torácica em derrame pleural pós pneumonia?

Empiema, conteúdo purulento, pH <7,2; Glicose < 40; Bactérias

43

Qual agente etiológico mais comum da pneumonia atípica e qual faixa etária mais comum?

Mycoplasma pneumonia
> 5 anos

44

Qual agente etiológico mais comum da pneumonia afebril do lactente e qual faixa etária mais comum?

Clhamydia trachomatis (parto vaginal)
1 a 3 meses de vida

45

Quais achados mais comuns de uma pneumonia afebril do lactente?

Afebril;
Conjuntivite no RN;
1 a 3 meses de vida,
INSIDIOSO
tosse + taquipneia
eosinofilia ao hemograma
infiltrado intersticial no Rx

46

Agente etiológico do Coqueluche, achados principais e tratamento:

Bordetella pertussis;
Fase catarral + Fase paroxística (Acesso de tosse me guincho) + convalescença
< 3 meses: tosse + apneia + cianose
Leucocitose com linfocitose
TTO: azitromicina

47

Qual agente etiológico mais comum na bronquiolite viral aguda (pneumonia viral)

Virus Sincicial Respiratório

48

Qual o quadro clínico mais comum da bronquiolite viral aguda e os achados radiograficos?

Pródromos catarrais + Taquipneia + SIBILOS

Hiperinsuflação + retificação de arcos costais

49

Quais os principais sinais para prever que um lactente sibilante venha a desenvolver Asma no futuro

Eczema/dermatite Atópica, História familiar (maiores)
Rinite alérgica, eosinofilia > 3% (menores)

50

Qual a indicação de prevenção para o vírus sincicial respiratório e com qual droga?

Palivizumab (15mg/kg)
Indicações:
PMT < 29 semanas: no primeiro ano de vida
Cardiopatas graves e Dç pulmonar do PMT: nos primeiros 2 anos de vida
SBP: + PMT entre 29 e 32sem: primeiros 6 meses