Anticorpos e Antigénios Flashcards Preview

Imunologia > Anticorpos e Antigénios > Flashcards

Flashcards in Anticorpos e Antigénios Deck (21)
Loading flashcards...
1

Anticorpos

Glicoproteínas sintetizadas por plasmócitos;
- 2 cadeias leves;
- 2 cadeias pesadas;
- Unidas por pontes bissulfureto;
- Com regiões variáveis (FAB) e regiões constantes (FC);
- 2 tipos de regiões C nas cadeias leves => kappa e lambda;
- 5 tipos de regiões C nas cadeias pesadas => miu (IgM), gamma (IgG), alpha (IgA), delta (IgD), epsilon (IgE)

2

Multímeros

Lidam com muitos Ags:
- Nas portas de entrada => secreções: IgA;
- A que responde a mais Ags => mais vocacionada: IgM

3

IgG

Cadeia pesada gamma;
- 4 subclasses: gamma1, gamma2, gamma3, gamma4;
Cadeia leve: kappa ou lambda;
ÚNICA que passa placenta;
A mais abundante no soro;
Encontra-se no espaço intersticial;
Fixa complemento, juntamente com IgM; opsonização; ADCC
Reage com recetor FcgammaRIII nas células fagocíticas para promover opsonização;
Nas células B memória

4

IgM

Cadeia pesada miu;
Cadeia leve kappa ou lambda;
Multímero: monómero (no sangue) ou pentamero (nos tecidos);
- Cada pentamero tem um polipéptido adicional denominado cadeia J;
3ª mais abundante no soro;
1ª a ser produzida numa infeção => 1ª a ser expressa na superfície do linfócito B: presente nas células B naives
Ainda mais eficaz que IgG na fixação do complemento;
Elevado peso molecular => não está no espaço endotelial;
Só após reconhecimento do Ag => class switch;

5

IgA

Cadeia pesada alpha;
Cadeia leve kappa ou lambda;
Importantes nas imunodeficiências;
Multímero: monómero, dímero, trímero ou tetramero;
Nas mucosas;
2ª mais abundante no soro => é a + abundante no organismo;
É um monómero, mas nas secreções é um dímero ou multímero;
=> Transportada por TRANSTOCITOSE:
- IgA é produzida continuamente no intestino, sem necessidade de estimulação;
- O linfócito B ativado, nas placas de Peyer, vai alcançar a lâmina própria e passar a plasmócito, que secreta IgA dimérica para o espaço subepitelial que, ao interagir com os recetores polyIg na membrana basolateral, vai alcançar o lúmen e reconher Ags aí, ou vai sofrer transtocitose pela célula epitelial;
=> A IgA do sangue a IgA secretória são produzidas por diferentes plasmócitos:
- IgA monomérica é produzida por plasmócitos nos nódulos linfáticos;
- IgA multimérica é produzida nas placas de Peyer e nódulos linfáticos mesentéricos;
Nas células B memória

6

IgE

Cadeia pesada epsilon;
Cadeia leve kappa ou lambda;
Liga-se aos mastócitos e basófilos no recetor de alta afinidade FcepsilonRI, estando envolvida em reações de hipersensibilidade imediata ou de tipo I;
RECETORES IgE:
- tipo I (R1): recetor de alta afinidade, nos mastócitos e basófilos;
- tipo II (R2): recetor de baixa afinidade, nos eosinófilos e células B
Nas células de memória

7

IgD

Cadeia pesada delta;
Cadeia leve kappa ou lambda;
Localizada na superfície do linfócito B servindo, em conjunto com IgM, como reconhecimento antigénico da célula B (naive)
Não tem função efetora conhecida;

8

Domínios das regiões constantes

Cadeias pesadas das regiões C são numeradas (Ch1, Ch2, Ch3, Ch4) com início na região V proximal;
- Hinge: quando há 3 domínios constantes;
- Com quatro domínios deixa de haver hinge;
São responsáveis por:
º Interação com recetores Fc;
º Fixação do complemento;
º Transferência placentária;
º Capacidade de transformação de multímeros;
º Capacidade de atravessar barreiras mucosas;

9

Função do anticorpo

Opsonizar;
Neutralizar;
Ativar complemento;

10

Cross linkage IgE

=> Para mastócitos libertarem conteúdo - alergénios e 2 moléculas de IgE;
1.- Primeiro contacto: alergénio entra pelas ADCC e é apresentado às células T => determina se há reação, e leva à SENSIBILIZAÇÃO;
2.- Segundo contacto: alergénio já se liga diretamente a IgE => fase efetora, já há doença

11

Funções biológicas dos Acs

Ativação do complemento: IgG e IgM;
Opsonização: IgG;
ADCC: IgG;
1ª no recém nascido: IgM;
Atravessa placenta: IgG;
Recetor antigénico célula B naive: IgM, IgD;
Recetor antigénio célula B memória: IgG, IgA, IgE;
Desgranulação mastócitos: IgE;
Ligação antigénica: TODOS;

12

Determinantes antigénicos das Igs

- Diferenças isotípicas => diferentes classes variam nos domínios constantes das cadeias pesadas;
- Diferenças alotípicas => Ig da mesma classe podem variar no número de aminoácidos da cadeia pesada;
- Diferenças idiotípicas => Ig iguais variam ao nível ad porção variável
=> Alótipos: polimorfismos genéticos na molécula dos Acs;
=> Isótipos: determinado pelas cadeias pesadas;
=> Idiótipos: estrutura de ligação antigénica constituída pela região variável das Igs;

13

Imunogénio

Qualquer substância que desencadeia resposta imune

14

Antigénio

Qualquer substância que se liga a anticorpo

15

Imunogénio e antigénio

TODOS os imunogénios são antigénios;
NEM TODOS os antigénios são imunogénios

16

Haptenos

Moléculas pequenas que podem atuar como epítopo mas que são incapazes, por si só, de desencadear uma resposta por Acs:
- Precisam de transportador;

17

Epítopo

= determinante antigénico;
Porção de um Ag que se liga ao paratopo (parte da molécula de Ac que faz contacto com o epítopo);
- Podem ser lineares ou descontínuos;
ESPECIFICIDADE de um Ac é definida pelo Ag que induziu a produção daquele Ac;
VALÊNCIA de um Ac ou Ag é o nº máximo de Ags ou Acs que se podem ligar ao mesmo tempo a um Ac ou Ag;

18

Afinidade vs Avidez

Afinidade: força de ligação num ponto;
Avidez: força de ligação em dois ou mais pontos;

19

Regiões determinantes de complementaridade (CDRs)

Regiões hipervariáveis;
Cada região variável tem 3 CDRs;
O emparelhamento das cadeias pesadas e leves num Ac permite a junção dos CDRs de cada domínio variável, criando o local de ligação do antigénio;

20

Reatividade cruzada aos antigénios

Embora os Acs sejam muito específicos, podem ser cross reactive para o mesmo Ag, devido a:
- Estrutura molecular semelhar;
EXEMPLOS:
º HIV e gripe;
º Síndrome de alergia oral;

21

Anticorpos monoclonais (mAbs)

Animal imunizado com Ag;
Múltiplos clones;
Utilizados para diagnóstico clínico, investigação e terapêutica biológica;
- Célula de mieloma fundida com plasmócito;
- Ac que reconhece UM epítopo