Mecanismos de Tolerância Imune Flashcards Preview

Imunologia > Mecanismos de Tolerância Imune > Flashcards

Flashcards in Mecanismos de Tolerância Imune Deck (15)
Loading flashcards...
1

Tolerância imune

Não resposta a um antigénio;
Induzida pela exposição prévia ao mesmo Ag;
Indíviduos normais têm self tolerance;

2

Discriminação self vs. non self: TEORIA DA SELEÇÃO CLONAL

Linfócitos autoreativos são eliminados = deleção clonal

3

Mecanismos de tolerância imune

- Tolerância central;
- Segregação de Ags;
- Anergia periférica;
- Células Treg;
- Desvio funcional;
- Apoptose;
- Sequestro antigénico (órgãos como o globo ocular, SNC e gónadas)

4

Tolerância central

Induzida nos órgãos linfoides primários em resultado do reconhecimento de autoAgs por linfócitos imaturos;
Envolve uma seleção de repertório, através de:
- Seleção negativa;
- Seleção positiva;

5

Tolerância periférica

Induzida na periferia, com o reconhecimento de Ags por linfócitos maduros em contextos particulares;
Implica regulação;

6

Maturação linfocitária T

Fases sequencialmente programadas:
- Atividade mitótica para aumentar pool de precursores;
- Expressão de genes de recetor de Ag => recombinação da linha germinal;
- Seleção positiva => preservação de especificidades úteis;
- Seleção negativa => eliminação de especificidades autoreativas;
- Aquisição de competência (fase final) => mecanismos efetores;

7

AIRE

Importante na maturação linfocitária T;
Permite a expressão de Ags de todos os tecidos no timo => expressão génica promíscua;
- Modelo de diferenciação terminal => células do estroma tímica vão-se diferenciando e, graças ao AIRE, conseguem expressar diferentes tipos de Ag;
- Modelo do mosaico ou de desenvolvimento => é um processo mais regulado, porque cada célula expressa 1 Ag, acabando por todos serem expressos no timo;

8

Maturação linfocitária B

Mecanismos FUNDAMENTAIS para manter tolerância a Ag timo independentes;
- Linfócitos B imaturos autoreativos com ALTA afinidade vão ser deletados (seleção negativa) ou mudar a sua especificidade (receptor editing);
- Linfócitos B imaturos autoreativos com BAIXA afinidade vão maturar como células anérgicas;

9

Tolerância periférica: RESPOSTA T

Deleção por apoptose;
AICD (Activation Induced Cell Death);
Anergia clonal (ligação a CTLA-4 ou PD-1);
Bystander suppression (Treg liga-se a APC);

10

Células T reguladoras

Expressam FoxP3;
Dentro da população CD4;
Níveis elevados de CD25;
Controlam ou suprimem a atividade de outras células;
Mecanismos por contacto cell on cell ou produção de citocinas;
Vários subtipos celulares:
- Células gamma delta;
- Células CD8+;
- Células CD4+ CD25 hi;
- Células CD4+ CD25- => Treg1 e Th3;

11

FoxP3

Nas Treg CD4+ CD25 high
Produz proteína scurfina, que é um repressor da transcrição;
- Uma disrupção neste gene => IPEX (quadro de endocrinopatia, enteropatia e alergia);

12

Linfócitos B maturos autoreativos que encontram Ag na periferia, SEM sinal Th ou de resposta inata

Tornam-se anérgicos;
São deletados por apoptose;

13

Reconhecimento antigénico de baixa afinidade por linfócito B maturo autoreativo

LIMITAÇÃO da inibição por ligação a recetores inibitórios

14

Produção de Igs na resposta B: LIMITAÇÃO

É autolimitada = complexos imunes ligam-se aos recetores Fc gamma nas células B e inibem a produção de mais Ig => ANTIBODY FEEDBACK;

15

Células Breg

A sua existência é controversa;
Produzem citocinas inibitórias;