FRATURAS EM CRIANÇAS Flashcards Preview

Mão > FRATURAS EM CRIANÇAS > Flashcards

Flashcards in FRATURAS EM CRIANÇAS Deck (14)
Loading flashcards...
1

Qual o tipo de fratura em criança com MAIOR potêncial de remodelação? e o MENOR?

MAIOR - desvio no mesmo plano da articulação/ proximo a fise e crianças menores.
MENOR - deformidade rotacional e angulação coronal.

2

FRATURA DE SEYMOUR

Fratura fisária da falange distal com desvio + laceração do leito ungueal.

3

Dedo em martelo na criança - fratura salter-harris III

Tratamento cirúrgico se: mais de 40% de desvio da superfície articular e subluxação volar.
Tratamento com imobilização em extensão por 4 a 6 semanas;

4

Fraturas da falange média / proximal na criança (porta do carro - extensão + rotação)

Desvio dorsal com ápice volar;

Classificação de Al-Qattan: 3 tipos (sem desvio, desvio parcial e desvio total);

5

Desvio de fraturas da falange média/proximal

F. PROXIMAL OU DISTAL A INSERÇÃO DO FSD = APICE VOLAR

6

FRATURA DE METACARPOS

APICE DORSAL (m. intrinseca)
Desvios aceitáveis:
30° no plano sagital (ft fisária);
20 a 45° de angulação dorsal (ft colo);
10 a 15° de angulação nos 2 e 3QD e 30 a 40° nos 4 e 5QD (ft diáfise);
Menos de 10° de rotação

7

FRATURA DO POLEGAR

SH - III = GAMEKEEPER THUMB

8

FRATURA BASE DO MTC POLEGAR = KOZIN E WATERS

A = entre fise e diáfise, transversas ou oblíquas, tto com imobilização;
B = Salter-Harris II com DESVIO ulnar e angulação com ápice radial;
C = Salter-Harris II com DESVIO radial e angulação com ápice ulnar;
D = Salter-Harris III ou IV, equivalente ao Bennet do adulto, reduzir com tração e pronação + pressão para adução na base e fixação com fios;

9

ENTRE OS OSSO DO CARPO, QUAL O MAIS COMUM FRATURADO NA CRIANÇA?

ESCAFÓIDE

10

CENTROS DE OSSIFICAÇÃO DOS OSSOS DO CARPO

Capitato e hamato (6-8m), piramidal (2-3a), semilunar (4a), escafóide (4-5a), trapézio e trapezóide (5a), pisiforme (6-8a);

Epífise distal do rádio (1a) e da ulna (6a)

11

DESVIOS ACEITAVEIS PARA RADIO DISTAL

Pacientes menores de 12a, aceita-se desvios de 20-30° plano sagital e 50 a 100% de translação, mas somente 10° no plano coronal.

12

ÍNDICE DO GESSO

“Índice do gesso” = razão entre os diâmetros do gesso no nível da fratura em AP e P;
(Se maior que 0,7 – maior risco de perda de redução)

13

DESVIOS ACEITAVEIS PARA ANTEBRAÇO

A cada grau de deformidade rotacional, 1-2 graus de rotação do antebraço são perdidos; (rádio é pior)
Até 20° de angulação remodelam em menores de 8 anos; em maiores, tolera-se menos de 10°;
Até 1cm de encurtamento é aceitável;
Translações são bem toleradas;

14

DESVIO DA FRATURA EM GALHO VERDE

Hiperpronação = ápice dorSal = fazer Supinação
Hipersupinação= ápice volar = fazer pronação