Prova de Título 4 Flashcards Preview

Mão > Prova de Título 4 > Flashcards

Flashcards in Prova de Título 4 Deck (114)
Loading flashcards...
1

Portais artroscópicos são mais comuns na parte volar ou dorsal?

DORSAL - menor risco de lesão neurovascular

2

Quais são os portais dorsais do punho?

Nomeados pelos compartimentos.
3-4 / 4-5 / 6R / 6U + 2 médio-carpais
2-3: ramo superficial radial e sensitivo ulnar

3

Como se procede ao inventário do punho na artroscopia?

Articulação rádio-carpal
Ligamentos carpais volares
Ligamento escafossemilunar
Ligamento semiluno-piramidal
CFCT
ARTROSCOPIA MEDIOCARPAL
Ligamentos intercarpais
Lesões condrais
Corpos livres

4

Quais são e o que avalia os portais VOLARES?

Portal volar radial (VR): ligamento escafossemilunar e os ligamento dorsais rádio-carpal e rádio-piramidal
Portal volar ulnar (VU): ligamento semiluno-piramidal e ligamento rádio-ulnar dorsal

5

O que se observa no portal 3-4?

ACIMA, a porção membranosa do ligamento escafossemilunar

ULNAR, encontram-se os ligamento semiluno-piramidal, CFCT e ligamentos ulno-carpais

Ligamento rádio-semilunar longo (LRL) e RSC podem ser acessados com um probe no portal 4-5

6

O que se observa no portal 4-5?

Visualiza metade ulnar do semilunar, CFCT e ligamentos ulno-carpais

7

O que se observa no portal 6R? E 6U?

6R: radial ao EUC, distal à cabeça da ulna

CFCT
Ligamento semiluno-piramidal

6U: ulnar ao EUC

Borda dorsal do CFCT
Desbridar volarmente o ligamento semiluno-piramidal

8

O que visualiza o portal 1-2?

Visualiza estilóide radial, cintura do escafóide,
ligamento rádio-carpal volar e cápsula dorsal

9

Qual cuidado na realização do portal 1-2?

Artéria radial e ramos do nervo radial superficial passam a 3 mm deste portal, com sobreposição completa ou parcial do nervo cutâneo lateral do antebraço

10

Quais os portais padrão da Art. Trapezio-Metacarpal?

Volar radial (1R) ao tendão abdutor longo do polegar; Dorsal ulnar (1U) ao tendão ALP
1R: visualiza o ligamento oblíquo posterior e o ligamento colateral ulnar
1U: visualiza o ligamento oblíquo anterior e o ligamento colateral ulnar.
Atenção para não lesionar ramos do nervo superficial radial; a artéria radial passa imediatamente posterior e ulnar ao campo artroscópico

11

Quais os portais acessórios da Art. Trapezio-Metacarpal?

Portal tenar: iluminando a eminência tenar, aproximadamente a 90º do portal 1U

Portal distal dorsal acessório: visualiza abaixo do trapézio, facilitando a ressecção de osteófitos marginais.

12

Sinovectomia artroscópica está indicada em que pacientes?

Artrite reumatóide sem resposta após 6 meses de tratamento adequado que possuem superfície articular preservada
Artrite reumatóide juvenil, LES

13

Sinovectomia artroscópica está CONTRA - indicada em que pacientes?

ARTRITE PSORIÁTICA (anquilose)

14

Classificação artroscópica de Outerbrigde para as lesões condrais do punho

I - amolecimento da superfície hialina (desbrida)
II- Fissura (desbrida)
III - Fibrilação (desbrida)
IV - Desfeito de espessura total (condroplastia/ perfuração subcondral)

15

Escala de instabilidade ligamentar interóssea (Geissler)

1 - Hemorragia do ligamento interósseo
2 - Ruptura parcial ou total SEM atenuação ligamento (PROBE não passa) - gap< 1mm
3 - Ruptura parcial ou total COM atenuação ligamento (PROBE PASSA)
4- Ruptura completa (ARTROSCOPIO 2,7mm PASSA)

16

GRAU 1 e 2 de Geissler corresponde a que tipo de instabilidade interóssea?

Ligamento alongado ou ruptura parcial: instabilidade ocula ou pré-dinâmica (Watson)

17

Achados da instabilidade radiográfica dinâmica?

Alinhamento normal ao Rx, aumento do gap escafossemilunar (> 3 mm) (grau 4 de Geissler)

18

O que indica a Diástase escafossemilunar estática ou DISI?

Lesão CRÔNICA

19

Quais as indicações de artroscopia na lesão do ligamento SL?

Estagiar e tratar lesões agudas
Instabilidade dinâmica
Casos crônicos sintomáticos refratários ao tratamento conservador

20

Quais as CONTRA - indicações de artroscopia na lesão do ligamento SL?

Lesão completa e reparável do ligamento escafossemilunar (aberto)
Instabilidade estática carpal (aberto)
Lesão do ligamento semiluno-piramidal associada à deformidade VISI (aberto)

21

Indicações de tratamento artroscópico nas lesões da CFCT?

Lesões sintomáticas incompletas II A ou B: desbridamento artroscópico
II C com perfuração central, sem instabilidade semiluno-piramidal: excisão artroscópica do tipo wafer

22

Classificação artroscópica de RIZARTROSE

BADIA
Estágio I: cartilagem articular intacta
Estágio II: amolecimento de 50% da borda ulnar da base do metacarpiano e central do trapézio
Estágio III: perda disseminada da cartilagem em ambas as superfícies

23

Indicação de tratamento artroscópico da RIZARTROSE

Rizartrose isolada e refratária ao tratamento conservador
Hemitrapeziectomia

24

CONTRA - Indicação de tratamento artroscópico da RIZARTROSE

Distorção da anatomia, lesão de pele instável ou friável, infecção recente
Artrose pan-trapezial
Fouxidão ligamentar
Hiperexensão da MF

25

3 Grupos de ligamentos Extrínsecos do punho

Geralmente rompem no meio da substância

Radiocarpal palmar
Ulnocarpal palmar
Radiocarpal dorsal

Não há ligamentos dorsais ulno-carpais

26

Onde fica o espaço de Poirier?

Entre rádio-escafo-capitato e rádio-semilunar LONGO

27

Grupo Radiocarpal Palmar

Rádio-escafóide, Rádio-escafo-capitato, Rádio-semilunar longo, Rádio-semilunar curto.

28

Grupo Ulnocarpal Palmar

Ulno-capitato (origem - base do estilóide), ulno-piramidal (origem - FCT), ulno-semilunar (origem - FCT).

29

Quem forma o ligamento ARQUEADO?

Ulno-capitato e rádio-escafo-capitato formam um “V” distal: ligamento arqueado

30

Quais os ligamentos intrínsecos do punho?

lig escafo-semilunar, lig semiluno-piramidal, ligg medio-carpais, liggs interósseos da fileira distal.