Prova de Título 3 Flashcards Preview

Mão > Prova de Título 3 > Flashcards

Flashcards in Prova de Título 3 Deck (131)
Loading flashcards...
1

Rizartrose é mais comum em homem ou mulher?

Mulher

2

Qual a principal queixa entre jovens com frouxidão ligamentar (estágio I) da 1ª MTC-F?

Limitação para movimentos finos (escrever)

3

Qual o mecanismo responsável pelo alargamento da base do polegar na Rizartrose?

Subluxação dorsoradial da base do 1º MTC, adução do 1º MTC e hiperextensão compensatória da articulação MTC-FL

4

Exame físico dos estágios Iniciais da Rizartrose

Translação passiva articular aumentada no plano radioulnar (frouxidão ligamentar) e possivelmente no plano dorso-volar (subluxação dorsal)

5

Qual o fator considerado para planejamento operatório da Rizartrose nos estágios iniciais?

Aos movimentos de preensão pode haver acentuação da subluxação dorsal e colapso da articulação MTC-FL em hiperextensão

6

Quais as incidências radiográfias na avaliação da Rizartrose?

AP, perfil (sobreposição dos sesamóides), obliquas e sob estresse (contato lateral dos polegares)

7

Qual a incidência radiográfica da Classificação de EATON e GLICKEL para Rizartrose?

Perfil

8

Achados da Classificação de EATON e GLICKEL para Rizartrose ESTÁGIO I

Estágio I
Radiografias normais
Diminuição do espaço articular carpometacarpiano (sinovite)
Exame clínico: frouxidão articular excessiva,especialmente em mulheres jovens com frouxidão ligamentar generalizada

9

Achados da Classificação de EATON e GLICKEL para Rizartrose ESTÁGIO II

Estágio II
Discreto estreitamento do espaço articular
Osteófitos ou corpos livres menores que 2 mm de diâmetro
Mulheres ativas entre a 4ª e 5ª décadas

10

Achados da Classificação de EATON e GLICKEL para Rizartrose ESTÁGIO III

Estágio III
Estreitamento significativo do espaço articular
Osteófitos ou corpos livres maiores que2 mm de diâmetro
Adultos ativos entre 5ª (M5:H1) e7ª (M10:H1) décadas de vida

11

Achados da Classificação de EATON e GLICKEL para Rizartrose ESTÁGIO IV

Estágio IV
Semelhante ao III associado à artrite da articulação escafo-trapézio-trapezóide

12

Qual o efeito CANTILEVER (balanço) da articulação 1º MTC - Trapezio?

Momento em adução gerado pelo flexor longo do polegar e adutor do polegar, enquanto que o tendão abdutor longo do polegar produz um vetor de força tangencial à superfície articular rasa

13

Qual o ligamento de EATON e sua função?

Ligamento oblíquo anterior (Bennett): restritor primário (origem volar ao trapézio e inserção na base ulnar no 1º MTC). Porções superficial e profunda.

14

Qual o ligamento de STRAUCH e sua função?

Ligamento dorsal radial: restritor primário à luxação dorsal carpometacarpiana (origem dorsal ao trapézio e inserção na base do 1º MTC)

15

Etiologia da Rizartrose

Instabilidade óssea intrínseca, frouxidão capsuloligamentar excessiva ou excesso de uso (overuse)

16

Onde se inicia a sinovite e desgaste cartilaginoso na Rizartrose?

Início volar e progride para dorsal; poupa margem dorsal da base do 1º MTC

17

Qual a condição para que ocorra o desgaste articular na Rizartrose?

Ligamento obliquo volar incompetente

18

Em que resulta a frouxidão ligamentar nos movimentos de preensão do polegar?

Translocação dorsal anormal (polegar em flexão e adução- articulação volar sofre força axial e de cisalhamento).

19

Quais os cuidados necessários na abordagem cirúrgica da Rizartrose?

Nervos sensitivo radial (t. extensor curto - dorso) e cutâneo lateral antebraquial identificados e retraidos.
A. radial - ramo profundo (art. escafo-trapezoide) - arco palmar profundo.

20

Tratamento conservador da Rizartrose

Talas + Aines + infiltração de corticoide (estágio I e II). BASEADO NOS SINTOMAS.

21

Indicação de tratamento cirúrgico na Rizartrose

Dor e disfunção refratários ao tratamento conservador.

22

O que pode acarretar a TRAPEZECTOMIA?

Encurtamento do raio do polegar e perda de força de preensão.

23

Quais as indicação para RECONSTRUÇÃO LIGAMENTAR VOLAR na Rizartrose?

Estágio I (frouxidão sintomática)
Estágio II com artrite (discreto estreitamento articular e debris < 2 mm de diâmetro)

24

Quais as contra-indicações para RECONSTRUÇÃO LIGAMENTAR VOLAR na Rizartrose?

Contra-indicação relativa: estágio II avançado
Contra-indicação absoluta: estágios III e IV

25

Quais os cuidados com a articulação ESCAFOTRAPEZOIDE?

Independente da técnica
Cartilagem satisfatória: sinovectomia
Cartilagem insatisfatória: ressecção de 2 mm do trapezóide

26

Na técnica de EATON de reconstrução ligamentar volar, qual o tendão utilizado?

Porção ULNAR do Flexor Radial do Carpo

27

Quais as indicações para TRAPEZIECTOMIA na Rizartrose?

Estágios III e IV

28

Quais as contra-indicações para TRAPEZIECTOMIA na Rizartrose?

Contra-indicações relativas:
Estágio II inicial
Pacientes jovens com alta demanda
Frouxidão ligamentar excessiva
Contra-indicação absoluta: estágio I

29

Quais as indicações para ARTROPLASTIA POR DISTRAÇÃO na Rizartrose?

Trapeziectomia completa com distração por pinagem
Indicação relativa: estágios II, III e IV

30

Quais as contra-indicações para ARTROPLASTIA POR DISTRAÇÃO na Rizartrose?

Contra-indicações relativas:
Estágio II inicial
Pacientes jovens com alta demanda
Frouxidão ligamentar excessiva
Contra-indicação absoluta: estágio I