RIZARTROSE Flashcards Preview

Mão > RIZARTROSE > Flashcards

Flashcards in RIZARTROSE Deck (21)
Loading flashcards...
1

verdadeiro ou falso:
Artrose da articulação trapézio-1º metacarpo
1:3 mulheres
1:8 homens

verdadeiro

2

verdadeiro ou falso:
sinais e sintomas - Dor constante, de forte intensidade (movimentos repetitivos de aperto, pinça ou torsional)
(dificuldade ao escrever é a principal queixa em idosos com frouxidão ligamentar – estágio I)

falso - JOVENS

3

verdadeiro ou falso:
sinais e sintomas - Alargamento da base do polegar (subluxação dorsoulnar da base do 1º MTC, abdução do 1º MTC e hiperextensão compensatória da articulação MTC-FL)

falso - Alargamento da base do polegar (subluxação DORSORADIAL da base do 1º MTC, ADUÇÃO do 1º MTC e hiperextensão compensatória da articulação MTC-FL)

4

verdadeiro ou falso:
exame físico - Nos estágios iniciais ocorre
edema local e sensibilidade na base do polegar;
Mobilidade normal; translação passiva no plano radioulnar (frouxidão ligamentar) e possivelmente no plano dorso-volar (subluxação dorsal)
Não há ainda crepitação aos movimentos de translação
e nem estalido

Falso - Nas articulações edemaciadas e com sensibilidade aumentada, pode haver crepitação aos movimentos de translação secundária à sinovite (teste do rangido positivo)
Estalido pode ocorrer devido a osteófito proeminente ou corpo livre
Aos movimentos de preensão pode haver acentuação da subluxação dorsal e colapso da articulação MTC-FL em hiperextensão (importante fator para planejamento pré-operatório)

5

verdadeiro ou falso:
exame físico - Nos estágios avançados a Articulação trapézio-1º MTC se torna mais rígida (aumento dos osteófitos e restrição da translação articular); ocorre
Diminuição da frouxidão e a Subluxação dorsal torna-se mais visível. A Base do 1º MTC assume posição fixa em adução (perda da abdução) e há também Deformidade compensatória em hiperextensão da MTC-FL (zigue-zague) , além de
Diminuição da força de preensão

Verdadeiro

6

verdadeiro ou falso - exame físico
Deformidade significativa na base do polegar pode mascarar a perda da musculatura tenar e retardar o diagnóstico de síndrome do túnel do carpo (principalmente em mulheres jovens)

Falso - em idosos

7

verdadeiro ou falso - exames de imagem
Avaliação radiográfica necessária consta das
Incidências PA, lateral (superposição dos sesamóides) e oblíquas. E a tomografia é o padrão-ouro na programação cirúrgica

falso - Avaliação radiográfica
Incidências PA, lateral (superposição dos sesamóides), oblíquas e sob estresse da base do polegar
CT e RNM raramente são indicadas

8

Cite os estágios radiográficos de Eaton e Glickel

Eaton e Glickel (pode haver sobreposição dos estágios)
Radiografia em perfil
Estágio I
Radiografias normais
Diminuição do espaço articularcarpometacarpiano (sinovite)
Exame clínico: frouxidão articular excessiva,especialmente em mulheres jovens comfrouxidão ligamentar generalizada
Estágio II
Discreto estreitamento do espaço articular
Osteófitos ou corpos livres menores que 2 mm de diâmetro
Mulheres ativas entre a 4ª e 5ª décadas
Estágio III
Estreitamento significativo do espaço articular
Osteófitos ou corpos livres maiores que2 mm de diâmetro
Adultos ativos entre 5ª (M5:H1) e7ª (M10:H1) décadas de vida
Estágio IV
Semelhante ao III associado à artrite daarticulação escafo-trapézio-trapezóide

9

Verdadeiro ou falso - a Isolada participação conjunta da articulação escafotrapezoidal é uma entidade clínica muito comumentemente associada e com pouca distinção radiográfica do estágio IV de Eaton.

Falso - entidade muito menos comum e com clara distinção radiográfica

10

Verdadeiro ou falso - Fisiopatologia
Início com sinovite e desgaste microscópico da cartilagem (início dorsal e progride para volar; poupa margem volar da base do 1º MTC)
Ligamento oblíquo anterior deve estar incompetente para que esta seqüência ocorra segundo Burton e Pelligrini

Falso - início volar e progride para dorsal; poupa margem dorsal da base do 1º MTC

11

cite 3 complicações dos procedimentos cirúrgicos

Lesão do nervo sensitivo superficial
Fratura iatrogênica da base metacarpal
Extrusão do enxerto
Colapso tardio da articuclação MTC-FL com dor
Instabilidade dolorosa
Subluxação dorsal carpo-MTC com dor

12

Quais as indicações e contra-indicações da reconstrução do ligamento volar obliquo

Indicações relativas
Estágio I (frouxidão sintomática)
Estágio II com artrite (discreto estreitamento articular e debris < 2 mm de diâmetro)
Contra-indicação relativa: estágio II avançado
Contra-indicação absoluta: estágios III e IV

plus - Técnica de Eaton e colaboradores
Acesso volar (Wagner): ao longo da borda radial do 1º MTC, curvando-se proximal e ulnarmente para juntar-se com a prega de flexão distal do punho até a borda ulnar do tendão flexor radial do carpo
Porção ulnar do flexor radial do carpo é utilizada, dividida proximalmente. A extremidade livre do tendão é suturadaao tendão do abdutor longo do polegar e cápsula volar

13

Verdadeiro ou falso - Trapeziectomia é um dos tipos de procedimentos cirúrgicos e principalmente indicada nos estágios II (inicial e tardio) e III.

Falso - Indicação: estágios III e IV
Contra-indicações relativas:
Estágio II inicial
Pacientes jovens com alta demanda
Frouxidão ligamentar excessiva
Contra-indicação absoluta: estágio I

Plus - Simples e rápido
Potencial para instabilidade e perda de altura do raio

14

Verdadeiro ou falso - paciente jovem e com frouxidão ligamentar excessiva tem a artroplastia de distração como uma das melhores opções cirúrgicas

Falso - Indicação relativa: estágios II, III e IV
Contra-indicações relativas:
Estágio II inicial
Pacientes jovens com alta demanda
Frouxidão ligamentar excessiva
Contra-indicação absoluta: estágio I

Plus - Trapeziectomia completa com distração por pinagem
Sem interposição ou reconstrução ligamentar
Simples e rápido
Potencial para instabilidade e perda de altura

15

Verdadeiro ou falso - no procedimento cirúrgico, Independente da técnica, quando o trapézio é removido, a articulação escafotrapezóide deve ser avaliada
Cartilagem satisfatória: sinovectomia
Cartilagem insatisfatória: ressecção de 2 mm do trapezóide

Verdadeiro

16

verdadeiro ou falso - A reconstrução ligamentar e interposição de tendão flexor radial do carpo Evita o colapso axial do metacarpo, mantendo o espaço trapezoidal.

Verdadeiro

Plus - Reconstrução ligamentar com interposição de tendão (LRTI)
Diminuir sintomas álgicos da degeneração articular
Reconstruir o ligamento volar
Tendão flexor radial do carpo é passado na base do 1º MTC
Poucas complicações
Potencial para encurtamento do raio
Indicações relativas: estágios II, III e IV
Contra-indicações relativas:
Contra-indicações da trapeziectomia
Estágio II inicial
Pacientes jovens com alta demanda
Frouxidão ligamentar excessiva
Contra-indicação absoluta: estágio I

17

Verdadeiro ou falso - Na Ressecção do trapézio e suspensoplastia com o tendão abdutor longo do polegar não ha potencial risco de perda de altura do metacarpo

Falso - há risco sim

Plus - ALP é passado através da base dorsal do 1º MTC, e após no 2º MTC (de volar/radial para ulnar/dorsal) e, posteriormente, suturada no extensor radial curto do carpo
Potencial para perda de altura
Indicações: estágios II, III e IV
Contra-indicações relativas:
Estágio II inicial
Pacientes jovens com alta demanda
Frouxidão ligamentar excessiva
Contra-indicação absoluta: estágio I

18

Verdadeiro ou Falso - Na Trapeziectomia parcial com interposição de tendão (sem reconstrução ligamentar) ocorre a manutenção da altura do polegar e um Potencial para subluxação metacarpal, tendo como Contra-indicação absoluta: estágios I e IV

Verdadeiro

19

Verdadeiro ou Falso - Na artroplastia de interposição única há Trapeziectomia limitada com interposição do tendão flexor radial do carpo e reconstrução ligamentar volar, Mantendo o raio do polegar

Verdadeiro

Plus - Tecnicamente mais difícil que a trapeziectomia simples
É realizada a ressecção de osteófitos e superfície articular distal do trapézio. Enxerto de tendão autógeno é interposto

Indicações relativas: estágios II e III
Contra-indicação relativa: estágio II inicial
Contra-indicação absoluta: estágios I e IV

20

Verdadeiro ou Falso - a artrodese trapézio-MTC é uma ótima opção para pacientes idosos com baixa demanda no estágio IV

Falso - mais indicados em jovens menores de 40 anos, alta demanda funcional, artrose pós-traumática, estágios II e III

10% pseudoartrose

21

Verdadeiro ou Falso - Deformidade em hiperextensão compensatória da MTC-FL, que se manifesta principalmente nas atividades de pinça pode levar a resultados insatisfatórios de reconstrução e necessitar de uma revisão cirúrgica e a Artrodese da MTC-FL está indicada

Verdadeiro

Hiperextensão da MTC-FL < 20 a 30º: tenotomia do extensor curto do polegar e transferência para a base do 1º MTC (elimina força primária de extensão na articulação MTC-FL e aumenta a abdução pelo abdutor longo do polegar
Hiperextensão da MTC-FL > 20 a 30º: tenotomia do extensor curto do polegar e estabilização definitiva; transferência pode ser feita, mas deve ser complementada com capsulodese volar