GD - Pé Diabético Flashcards Preview

Prova dos GDs > GD - Pé Diabético > Flashcards

Flashcards in GD - Pé Diabético Deck (63)
Loading flashcards...
1

Qual o conceito para "pé diabético" ?

Infecção, ulceraçãi e/ou destruição de tecidos moles associados a alterações neurológicas e vários graus de doença arterial periférica nos MMII.

2

Qual o fator complicador para pé diabético em países desenvolvidos ?

Doença Arterial Periférica

3

Qual o fator complicador para pé diabético em países em desenvolvimento ?

Infecção ⇨ Úlceras ⇨ Amputação

4

Responda

Apenas ___________ (½ - ⅓ - ⅔) das UPDs cicatrizarão e até ____________ (25% - 28% - 30%) resultarão em algum tipo de amputação.

  • ⅔ 
  • 28%

 

5

Qual a fisiopatogênese e vias de ulceração das UPDs ?

  1. As UPDs resultam de 2 ou mais fatores de risco
  2. Consonância com polineuropatia diabética
  3. Traumas
  4. Limitação de mobilidade articular (LMA) - aumento da pressão plantar e dorsal
  5. Anidrose (pele seca) - hemorragia SC e ulceração por trauma repetitivo

 

6

Como se manifestam clinicamente as deformidades neuropáticas ? ➍

  1. Dedos em garra
  2. Proeminências de metatarsos
  3. Acentuação do arco plantar (Charcot)
  4. Valgismo

 

7

Qual local de maior acomettimento por Doença Arterial Periférica em pacientes com UPDs ?

Predominantemente infrainguinal

Afeta 50% dos pacientes com DM

(5 a 10x mais frequente em comparação aos pacientes que nao tem DM)

8

Quais são os fatores externos para o desenvolvimento de UPDs ?

Caminhar descalço

Sapatos inadequados

9

O que torna os pacientes diabéticos mais suscetíveis a lesões teciduais e infecções, assim como o desenvolvimento de neurosteoartropatia de Charcot ?

Denervação com implicação no controle neurovascular, resultando em alteração de fluxo capilar, oxigenação, filtração de fluidos e resposta inflamatória.

10

Como é feita a avaliação clínica no rastreamento e identificação do pé em risco de ulceração ?

História Clínica e Exame dos Pés

11

Quais são os fatores de risco para ulceração nos pés ? ➓

  1. PND
  2. Deformidades (PND motora, PND biodinâmica, LMA)
  3. Trauma
  4. DAP
  5. Histórico de úlcera 
  6. Histórico de amputação
  7. DRD
  8. RD
  9. Indivíduo que mora sozinho
  10. Inacessibilidade ao sistema de saúde

 

12

Qual a relação das UPDs e o tempo de diagnóstico de DM ?

Duração de DM > 10 anos está mais relacionado ao desenvolvimento de UPDs.

 

13

Quais são as manifestações dermatológicas pré-ulcerativas decorrentes de PND e DAP ? ➒

  1. Pele seca
  2. Rachaduras
  3. Unhas hipotróficas
  4. Unhas encravadas
  5. Maceração interdigital
  6. Micose 
  7. Calosidades
  8. Ausência de pelos
  9. Alteração de cor e de temperatura (indica isquemia)

 

14

Qual a utilidade do Estesiômetro de Semmes-Weinstein para avaliação neurológica de PND ?

 

Avalia sensibilidade tátil

Hálux (região plantar da falange distal) 

1ª, 3ª e 5ª cabeças de metatarsos

15

Qual a utilidade do Diapasão 128 Hz para avaliação neurológica de PND ?

Avalia Vibração

16

Qual a utilidade do Martelo para avaliação neurológica de PND ?

Avalia os Reflexos

17

Qual a utilidade do Pino para avaliação neurológica de PND ?

Avalia sensibilidade Dolorosa

18

Qual a utilidade do Palito para avaliação neurológica de PND ?

Avalia sensibilidade Dolorosa

19

Qual a utilidade do Bioestesiômetro e do Neuroestesiômetro para avaliação neurológica de PND ?

Avaliar o limiar da sensibilidade vibratória

20

Quais são as ferramentas para avaliação de DAP ?

Doppler manual

ITB < 0.9

 

21

Quais são as recomendações para diagnóstico de DAP, segundo o sistema GADE ?

  1. Examinar o paciente anualmente - História + Palpação de pulsos
  2. Avaliar DAP na presença de úlcera de extremidades - ITB
  3. Testes não-invasivos (ITB > 0,9 e < 1,3 / IDB ≥ 0,75 - exclui)

22

Quais são as recomendações para prognóstico do potencial de cicatrização de DAP, segundo o sistema GADE ?

Potencial de Cicatrização:

  1. Pressão de perfusão da pele > 40 mmHg 
  2. IDB ≥ 30 mmHg
  3. Presão transcutânea de O2 ≥ 30 mmHg 

23

Quais são as recomendações da realização de exames de imagem e revascularização para prognóstico de DAP, segundo o sistema GADE ?

  1. AngioTC
  2. Arteriografia
  3. Revascularização diante de:
    • Pressão digital < 30 mmHg ou
    • TcPO2 < 25 mmHg

24

Quais são as recomendações da realização de exames de imagem para prognóstico de DAP, segundo o sistema GADE ?

Todos os pacientes que não apresentarem evolução positiva da ulceração após 6 semanas de manuseio adequado.

25

Qual não deveria ser considerada causa de má cicatrização diante de ulceração de pé diabético ?

Microangiopatia diabética

26

Quais são as indicações de exame de imagem e revascularização urgente nas UPDs ? ➌

  1. Úlcera sem cicatrização 
  2. Pressão do tornozelo < 50 mmHg
  3. ITB < 0,5

27

Quais são as recomedações de tratamento na ausência de PSP (perda de sensibilidade protetora) e DAP ? ➋

  1. Educação do paciente
  2. Aconselhamento dobre calçado adequado

 

28

Quais são as recomedações de seguimento na ausência de PSP (perda de sensibilidade protetora) e DAP ?

Anual

Equipe generalista treinada

29

Quais são as recomedações de tratamento na presença de PSP e deformidade ? 

  1. Considerar uso de sapatos especiais
  2. Considerar cirurgia profilática (deformidade não tratada com sapatos)
  3. Continuar a eduação do paciente

30

Quais são as recomedações de seguimento na presença de PSP e deformidade ? 

​A cada 3 a 6 meses

Equipe generalista

Deformidades ⇨ Equipe especialista