Endocrinologia - Hipotireoidismo Flashcards Preview

Medicina Interna > Endocrinologia - Hipotireoidismo > Flashcards

Flashcards in Endocrinologia - Hipotireoidismo Deck (43):
1

Fáscies Mixedematosa:

Pele espessa, seca e amarela. Pelos sem brilho e caem com facilidade. Edema periorbitário.

2

Hipotireoidismo é:

Uma síndrome causada pela pouca produção ou ação dos hormônios tireoidianos

3

Hipotireoidismo primário é causado por:

Falência tireoidiana

4

Hipotireoidismo secundário é causado por:

Falência hipofisária com deficiência de TSH

5

Hipotireoidismo terciário é causado por:

Deficiência hipotalâmica de TRH

6

Representa 90% dos casos de Hipotireoidismo:

Hipotireoidismo primário

7

Fatores de risco:

+65 anos, Sexo feminino (8:1), Puerpério, História familiar, Irradiação prévia de cabeça e pescoço, Doenças autoimunes e Dieta pobre em iodo

8

Principal causa de Hipotireoidismo primário em áreas suficientes de iodo:

Tireoidite de Hashimoto

9

Principal causa de Hipotireoidismo primário em áreas carentes de iodo:

Deficiência de iodo

10

Principais causas de Hipotireoidismo primário:

Tireoidite de Hashimoto, Deficiência de iodo, Radioablação, Irradiação cervical, Tireoidectomia e uso de lítio

11

Principais causas de Hipotireoidismo secundário:

Adenoma de hipófise, Cirurgia de hipófise, Síndrome de Sheehan

12

Principais causas de Hipotireoidismo terciário:

Adenoma hipotalâmico e trauma

13

Principais causas de Hipotireoidismo transitório:

Tireoidite silenciosa pós-parto e Tireoidite subaguda

14

Alterações laboratoriais da TIreoidite de Hashimoto:

Autoanticorpo anti-TPO e Aumento do TSH

15

Tratamento:

Puran T4 (Reposição de levotiroxina) 1,5mcg/kg/dia, em dose única pela manhã em jejum 30min antes do café.

16

Quanto maior a duração e a intensidade da carência hormonal:

Mais graves são os sintomas

17

Quadro Clínico:

Fadiga, Intolerância ao frio, ganho de peso, pele fria, bradicardia, hipertensão convergente, constipação e depressão

18

"Há acúmulo de ______________ no interstício de órgãos e tecidos":

Glicosaminoglicanos

19

Mecanismos de lesão neurológica do cretinismo:

Hipoplasia dos neurônios corticais, menor capacidade de desenvolver sinapses, alterações na mielinização e menor vascularização cerebral

20

Cretinismo (Hipotireoidismo congenito com retardo mental):

Hipotireoidismo nos primeiros 3 meses de vida, com atraso na maturação óssea e retardo mental

21

Hipotireoidismo pode cursar com anemia do tipo:

normocítica, macrocítica ou microcítica-hipocromica

22

Alterações laboratoriais do Hipotireoidismo primário:

TSH elevado e T4 livre baixo

23

Alterações laboratoriais do Hipotireoidismo secundário:

TSH e T4 livre baixos

24

Exame complementar para Hipotireoidismo secundário:

RNM da sela túrcica para pesquisa de tumor ou lesão infiltrativa

25

Sugere Tireoidite de Hashimoto:

Anticorpos antitireoglobulina e Antiperoxidase

26

Efeitos adversos do Puran:

Taquicardia, palpitações, arritmias, aumento da PA e osteoporose

27

Alterações laboratoriais do Hipotireoidismo subclinico:

TSH elevado e T4 livre normal

28

Meta do TSH (tratamento):

0,3-3

29

TSH alto (tratamento):

Aumentar dose

30

TSH baixo (tratamento):

Diminuir dose

31

Dosar novo TSH apenas com um intervalo entre:

6-8 semanas apos a coleta anterior

32

Indicacoes de tratamento do Hipotireoidismo subclinico:

Sintomático, +55 anos, Gestantes, Bócio, anti-TPO+, TSH >10, hipercolesterolemia e Infertilidade

33

Para monitorar o tratamento deve ser solicitado:

TSH sérico

34

Complicação do hipotireoidismo não tratado:

Coma mixedematoso e Cardiomegalia

35

Em idosos e em pacientes com antecedentes de cardiopatia o tratamento:

Deve ser iniciado mais lentamente com dose de 12,5-25mcg por dia durante 3-4 semanas; Aumentando em 25mcg a cada 4 semanas até atingir meta do TSH

36

Tempo de intervalo entre a tomada da levotiroxina e outras medicações ou vitaminas:

4 horas

37

Tratamento do hipotireoidismo subclínico:

25-50mcg por dia ajustando para alcançar a meta de TSH

38

Doses excessivas de T4 podem resultar em:

Fibrilação atrial

39

Tratamento do Hipotireoidismo em Gestantes:

2-2,4 mcg/kg/dia

40

Meta do TSH no Primeiro trimestre de gestacao:

TSH<2,5

41

Meta do TSH no Segundo e Terceiro trimestres de gestacao:

TSH<3

42

Alteracoes possiveis por Hipotireoidismo:

elevacao de CPK, Derrame pericardico, Galactorreia, Hipoglicemia e Hipertensao diastolica

43

Alteracoes laboratoriais no Hipotireoidismo primario:

TSH alto, T4 baixo, Colesterol alto e CPK alto

Decks in Medicina Interna Class (194):