Oncologia - CA Colorretal Flashcards Preview

Medicina Interna > Oncologia - CA Colorretal > Flashcards

Flashcards in Oncologia - CA Colorretal Deck (69):
0

Quais os principais fatores de risco para câncer colorretal?

Dieta gordurosa, hipercolesterolemia, síndrome hereditária, doença intestinal inflamatória, bacteremia por streptococcus bovis e uterosigmoidostomia.

1

A mortalidade por câncer colorretal está relacionada com que tipo de dieta?

Alto consumo per capita de calorias, proteínas, gorduras e óleo.

2

O que afirma a hipótese das gorduras animais?

Que sua ingestão, encontrada em carnes vermelhas ou processadas, aumenta a proporção de anaeróbios na flora intestinal o que faz com que ácidos biliares sejam convertidos em carcinógenos.

3

O que afima a hipótese da resistência à insulina?

As pessoas obesas desenvolvem resistência à insulina, aumentando seus níveis no sangue, resultando em maior concentração do fator de crescimento IGF-1 que estimula a proliferação da mucosa intestinal.

4

"Os estudos randomizados e de casos controle _______________ valor para as fibras dietéticas ou dietas ricas em frutas e vegetais na prevenção da recorrência de adenomas colorretais ou o desenvolvimento de câncer colorretal":

Não demonstraram.

5

"Até ____ dos pacientes com câncer colorretal têm história familiar da doença, o que sugere ______________________":

25%; predisposição hereditária.

6

O câncer do intestino grosso hereditário divide-se em:

Síndromes de polipose e sem polipose.

7

"A _________________ ou polipose familiar do colo é caracterizada por milhares de pólipos adenomatosos por todo o intestino grosso. A predisposição tem herança ___________________; os pacientes sem história familiar sofrem mutações espontâneas que originam a doença":

Polipose colônica; autossômica dominante.

8

"A polipose do colo está associada a uma ________ no braço _____ do cromossomo ___ [incluindo o gene ______ (polipose colônica adenomatosa)] nas células neoplásicas (mutação ____________) e normais (mutação ____________)":

Deleção; longo; 5; APC; somática; germinativa.

9

"A perda alélica do gene APC resulta em ____________ dos genes _____________________, cujos produtos proteicos inibiriam, em condições normais, o crescimento neoplásico":

Ausência; Supressores tumorais.

10

O que caracteriza a síndrome de Gardner?

A presença de pólipos colônicos associados a tumores dos tecidos moles e ossos.

11

O que caracteriza a síndrome de Turcot?

O surgimento de tumores malignos do SNC associados à polipose colônica.

12

Uma vez detectados os pólipos múltiplos, os pacientes devem ser submetidos à:

Colectomia total.

13

"O tratamento clínico com ___________________________, como o sulindaco ou inibidores da ciclo-oxigenase 2 (celocoxibe), pode diminuir o número e tamanho dos pólipos em pacientes com polipose colônica":

Anti-inflamatórios não esteróides.

14

A _____________ é o principal tratamento/prevenção da polipose colônica:

Colectomia.

15

Os descendentes de pacientes com polipose colônica, geralmente pré-puberes quando o diagnóstico é feito no progenitor, têm ______ de chances de desenvolver essa doença pré-maligna, devendo ser avaliados com sigmoidoscopia flexível anual até os 35 anos de idade:

50%.

16

"A _____________________ é suficiente para a triagem, pois a distribuição dos pólipos tende a ser uniforme do _______ ao ânus. E a pesquisa de sangue oculto nas fezes é _____________ para a triagem":

Proctossigmoidoscopia; ceco; inadequada.

17

Um método alternativo para identificar portadores de polipose colônica é a ______________ de células mononucleares no sangue periférico à procura de mutações no gene _____. A detecção dessa mutação germinativa pode permitir um diagnóstico definitivo antes do surgimento de pólipos:

Análise do DNA; APC.

18

"O _________________________________ ou Síndrome de Lynch, tem caráter hereditário ___________________. Tem como característica a presença de três ou mais parentes com câncer de colo confirmado à histopatologia, sendo um deles parente de primeiro grau dos outros dois, um ou mais casos de câncer colorretal na família diagnosticados antes dos _________ e câncer colorretal em pelo menos _____ gerações":

Câncer de colo sem polipose hereditária; autossômico dominante; 50; duas.

19

A Síndrome de Lynch está associada a uma frequência elevada de:

Câncer no colo proximal.

20

A idade mediana de surgimento de um adenocarcinoma síndrome de lynch é:

Antes dos 50 anos.

21

As famílias com síndrome de Lynch têm geralmente:

Parentes com vários tumores primários, associados ao câncer de ovário ou de endométrio.

22

Recomenda-se que os membros das famílias com síndrome de oynch façam:

Colonoscopia bianual a partir dos 25 anos, devendo-se oferecer ultrassonografia pélvica e biópsia do endométrio a mulheres em risco.

23

A síndrome de Lynch está associada a mutações germinativas dos genes:

hMSH2 no cromossomo 2 e do hMLH1 no cromossomo 3, que resultam em erros de replicação do DNA, levando à instabilidade devido a deficiências no reparo de pareamento do DNA, resultando em proliferação celular anormal e aparecimento de tumores.

24

Qual a estratégia para identificar probandos com síndrome de lynch?

Análise molecular do DNA de células tumorais ou coloração imuno-histoquímica de tumor em parafina para a detecção de instabilidade de microssatélites (alterações de sequencias que refletem defeitos no reparo de pareamento) em pacientes com menos de 50 anos.

25

"A incidência de câncer do intestino grosso é maIor em pacientes com colite _____________ que entre aqueles com colite _____________":

Ulcerativa; granulomatosa.

26

"Após os 25 anos, _______ dos pacientes com Doença Inflamatória Intestinal Crônica podem ter câncer":

8-30%.

27

"Os indivíduos com ___________________ causada por Streptococcus bovis apresentam alta incidência de tumores colorretais ocultos e de cânceres gastrointestinais altos":

Endocardite ou septicemia.

28

"O fumo está associado ao surgimento de adenomas colorretais, principalmente após uso de tabaco por mais de ___________":

35 anos.

29

Quais os fármacos mais eficazes na quimioprevençãp do câncer de colo?

Ácido acetilsalicílico e outros anti-inflamatórios não esteróides.

30

Como agem os anti-inflamatórios na prevenção do câncer de colo?

Inibindo a proliferação celular ao bloquear a síntese de prostaglandinas.

31

"O uso regular de ___________________ reduz o risco de adenomas e carcinomas de colo, bem como o de morte por câncer de intestino grosso":

Ácido acetilsalicílico.

32

"Suplementos orais de ________________ diminuíram o risco de pólipos adenomatosos e de cânceres colorretais em estudos caso controle":

Ácido fólico e/ou cálcio.

33

"As vitaminas antioxidantes são _____________ em reduzir a incidência de adenomas subsequentes em pacientes nos quais se removeu um adenoma colônico":

Ineficazes.

34

"A terapia de ________________________ está associada a uma redução do risco de câncer colorretal em mulheres":

Reposição de estrogênio.

35

Qual o princípio dos programas de triagem de câncer colorretal?

A detecção precoce de cânceres localizados e superficiais em indivíduos assintomáticos aumenta a taxa de cura cirúrgica.

36

"O toque retal deve ser parte do exame físico de rotina de qualquer adulto com mais de 40 anos, serve de triagem do câncer de próstata em homens, é parte do exame __________ em mulheres e constitui uma manobra barata para a detecção de massas retais":

Pélvico.

37

"O teste de sangue oculto nas fezes é negativo em quase ___ dos pacientes com cânceres colorretais, por que o padrão de sangramento desses tumores é _____________":

50%; intermitente.

38

A recomendação atual da American Cancer Society para pacientes assintomáticos sem fatores de risco para câncer de colo:

Teste de sangue oculto anual e sigmoidoscopia flexível a cada 5 anos a partir dos 50 anos.

39

"A colonoscopia mostrou-se superior ao _____________________, sendo também mais sensível na detecção de adenomas (vilosos ou displásicos) ou cânceres do que ________________ e ________________":

Clister opaco com duplo contraste; pesquisa de sangue oculto; sigmoidoscopia flexível.

40

O sistema de estadiamento de CA colorretal incorpora quais variáveis?

Profundidade da invasão tumoral na parede intestinal, acometimento de linfonodos regionais e metástases à distância.

41

"Dukes usa o método TNM de classificação", o que significa cada letra da sigla?

T representa a profundidade da penetração tumoral; N o acometimento de linfonodos; M a presença ou não de metástases à distância.

42

Quais os tipos de lesões designadas de estágio I (T1-2N0M0)?

Lesões superficiais que não envolvem linfonodos regionais nem penetram a submucosa (T1) ou a muscular (T2).

43

Que tipo de lesão é designada de estágio II (T3N1M0)?

Tumores com penetração através da muscular, mas que não acometem linfonodos regionais.

44

Que lesão é designa como em estágio III (TxN1M0)?

Acometimento de linfonodos refionais.

45

Que tipo de lesão é designada de estágio IV (TxNxM1)?

Presença de metástases em locais como fígado, pulmões ou ossos.

46

"Um mínimo de ______ amostras de linfonodos é considerado necessário para definir com precisão o estágio do tumor e quanto maior o número de nodos examinados melhor":

Doze.

47

"A presença de ____________ e deleções cromossômicas específicas, como a perda alélica no cromossomo _____ (com envolvimento do gene _____) nas células tumorais, indicam maior risco de disseminação metastática":

Aneuploidia; 18q; DCC.

48

Os cânceres do intestino grosso em geral se disseminam para os linfonodos regionais ou o fígado através da:

Circulação venosa portal.

49

Qual o sítio mais comum de metástase visceral?

O fígado.

50

"Ambs as cópias do gene ______ devem se perder para o desenvolvimento do adenoma de cólon":

APC.

51

Uma função importante da proteína APC:

Promove a degradação da beta-catenina.

52

A inativação do gene APC:

Aumenta os níveis celulares de beta-catenina, que sofre uma translocação para o núcleo onde forma um complexo com TCF aumentando a transcrição de diversos genes que participam da regulação do ciclo celular.

53

A beta-catenina se liga a E-caderina:

Reduzindo a adesividade das células tumorais.

54

"O gene que codifica o receptor do tipo II da _______ está intivado em 70% ou mais dos tumores de cólon com _____________________":

TGF-beta; instabilidade microssatélite.

55

"Também está presente em alguns tumores colorretais, mutações no _________, componente da via de transdução do sinal de inibição do crescimento TGF-beta":

SMAD2

56

"Os pólipos ___________ são pólipos epiteliais que surgem como resultado de proliferação e de displasia. São lesões neoplásicas e precursoras de carcinomas":

Adenomatosos.

57

O que caracteriza um pólipo não-neoplásico:

É formado por maturação anormal da mucosa, inflamação ou devido a anormalidade da arquitetura.

58

Exemplifique tipos de pólipos não-neoplásicos:

Pólipo hiperplásico, hamartomatoso, inflamatório e linfóide.

59

O pólipo hiperplásico resulta:

Da renovação reduzida das células epiteliais com acúmulo de células maduras na superfície.

60

O que são pólipos hamartomatosos?

São malformações das glândulas e do estroma.

61

O que são pólipos inflamatórios?

São pseudopólipos, ilhotas de mucosa inflamada em regeneração, circundadas por ulceração.

62

O que são pólipos linfóides?

Uma variante das proeminencias mucosas contendo tecido linfoide intramucoso.

63

Qual a prevalência dos adenomas colônicos antes dos 40 anos?

20-30%.

64

Qual a prevalência de adenomas colônicos após os 60 anos?

40-50%.

65

Quais os subtipos de pólipos adenomatosos?

Tubulares, vilosos e tubulo-vilosos.

66

"Os adenomas tubulares são os mais comuns, cerca de 5-10% dos adenomas são ________________ e somente 1% são ____________":

Túbulo-vilosos; vilosos.

67

O risco de malignidade em um pólipo adenomatoso depende:

Tamanho, arquitetura histológica e gravidade da displasia epitelial.

68

As lesões mais preocupantes são:

Os adenomas vilosos com mais de 4 cm de diâmetro.

Decks in Medicina Interna Class (194):