Radiologia - M27 Flashcards Preview

Medicina Interna > Radiologia - M27 > Flashcards

Flashcards in Radiologia - M27 Deck (85):
1

Nódulo pulmonar solitário:

uma única opacidade pulmonar arredondada, bem circunscrita, envolta por parênquima pulmonar normal, com diâmetro menor ou igual a 3 cm e não associada à linfoadenomegalia mediastinal, pneumonia, atelectasia ou derrame pleural

2

Lesões pulmonares com diâmetro maior que 3 cm:

Massas pulmonares

3

Fatores de Risco para Nódulo pulmonar solitário:

40-80a, Tabagismo, CA primário pulmonar/extrapulmonar e Fibrose pulmonar

4

Tamanho x Malignidade do nódulo (Preditor não confiável):

Benigno (1cm-----------3cm) Maligno

5

Localização (nódulo pulmonar solitário):

70% em lobos superiores, + comum no lado direito, Carcinoma espinocelular (Central) e Adenocarcinoma (Periférico)

6

Quase 100% dos nódulos pulmonares calcificados são:

Benignos

7

Sugere malignidade em nódulo calcificado:

Calcificação excêntrica

8

Características de nódulos calcificados benignos:

Central, Laminar , Pipoca e Difusa

9

Gordura (Pulmão):

Hamartoma ou Lipoma (Excluir história de liposarcoma)

10

Nódulo sólido (Radiologia pulmonar):

Sugere benignidade

11

Nódulos não-sólidos e parcialmente sólidos (Radiologia pulmonar):

Em Vidro fosco, sugere possível malignidade

12

Margens lobuladas:

Sugere Malignidade

13

Margens espiculadas:

90% malignidade

14

Cavitação com mais de 3cm de diametro:

Sugere malignidade

15

Espessura da parede da cavitação:

Benigno (4--------------16mm) Maligno

16

Quanto maior o Tamanho do nódulo:

Maior a chance de ser maligno (preditor não confiável)

17

Nódulo pulmonar em fumante ou ex-fumante:

Sugere malignidade

18

Nódulo que duplicou de tamanho em 4 meses:

Sugere malignidade

19

Nódulo que permaneceu do mesmo tamanho ao longo de meses:

Sugere benignidade

20

Nódulo calcificado:

Sugere benignidade

21

Nódulo com cavitação:

Sugere benignidade

22

Baixo risco de malignidade do nódulo (Conduta):

Seguimento com TC

23

Risco intermediário de malignidade do nódulo (Conduta):

PET ou Punção

24

Risco alto de malignidade do nódulo (Conduta):

TC + Biópsia

25

Atenuação hepática normal:

55-65UH (10UH a mais que a atenuação esplênica)

26

Fases da tomografia com contraste:

Arterial, Porta e Venosa

27

Fase arterial (TC contrastado):

20-25s

28

Fase porta (TC contrastado):

40s

29

Fase venosa (TC contrastado):

60-70s

30

Cirrose hepática:

Fibrose extensa e Nódulos regenerativos

31

Cirrose hepática:

Contornos irregulares, Fibrose extensa e Nódulos regenerativos

32

Fatores de risco para Esteatose hepática:

Obesidade, diabetes, alcoolismo e uso de corticoides

33

Esteatose (Apresentações):

Difusa, Segmentar-focal, multinodular e área poupada

34

Esteatose leve:

Aumento das dimensões e ecogenicidade hepática

35

Esteatose moderada:

Indefinição dos vasos

36

Esteatose acentuada:

Não caracterização do diafragma

37

Principal método de avaliação da esteatose:

Ressonância Magnética

38

Diagnóstico diferencial de Pancreatite crônica:

CA de pâncreas, Úlcera péptica, Colelitíase, Síndrome do Intestino irritável e Pancreatite aguda

39

Carcinoma bronquiolo-Alveolar - Atenuação parcialmente sólida 

40

Nódulo benigno

41

Granuloma antigo e Carcinoma

42

Esteatose hepática

43

Carcinoma bronquiolo-alveolar

44

Adenocarcinoma - Atenuação não sólida

45

Carcinoma não pequenas células

46

Adenocarcinoma

47

Pancreatite crônica

48

Atresia brônquica

49

Cirrose hepática

50

Carcinoma não pequenas células

51

Pancreatite crônica

52

Calcificação pancreática extensa

53

Cirrose hepática

54

Pancreatite crônica

55

Pancreatite crônica

56

Pancreatite crônica

57

Pancreatite crônica

58

Pancreatite crônica

59

Dor cervical, febre, bócio difuso, quadro precedido por infecção do trato respiratório superior:

Tireoidite Subaguda

60

Bócio Multinodular Tóxico

61

Adenoma Tóxico - Plummer

62

Doença de Graves

63

Tireoidite Subaguda

64

Ecotextura parenquimatosa difusamente heterogênea - Ultrassom de Tireoide

65

Aumento difuso da vascularização - Doppler de Tireoide

66

Nódulo que duplicou de tamanho em menos de 30 dias:

Suspeita de infecção

67

Nódulo com realce pelo contraste mais de 15UH:

Sugere malignidade

68

Nódulo com calcificação difusa (Conduta):

Nódulo benigno, não é necessário follow-up

69

Granuloma residual calcificado (Etiologias):

TB e Histoplasmose

70

O Adenocarcinoma tem Tendência a metástases:

hematogênicas

71

O CArcinoma espinocelular tem tendência a metástases:

Linfonodais

72

é o CA de pulmão mais frequente no paciente NÃO fumante:

Adenocarcinoma

73

massa homogeneamente hiperatenuante, de bordas irregulares e espiculadas, localizada na periferia do terço medial do pulmão esquerdo

74

Carcinoma espinocelular

75

Carcinoma espinocelular - Lesão arredondada com paredes espessas e hiperatenuantes e centro hipoatenuante de aspecto necrótico

76

Nódulo pulmonar com cauda pleural - sugere malignidade

77

Focos de gordura - Hamartoma - Não é necessário follow-up (Excluir lipossarcoma) 

78

Nódulo pulmonar solitário homogeneamente hiperatenuante na periferia do pulmão esquerdo

79

Massa paramediastinal mal delimitada

80

TC tórax axial - nódulo difusamente hiperatenuante no terço distal do hemitórax direito

81

TC tórax axial - nódulo difusamente hiperatenuante no terço distal do hemitórax direito

82

Radiografia de tórax em AP mostrando opacidade homogênea localizada no terço distal do hemitórax direito

83

Carcinoma espinocelular

 

84

Padrões de calcificação que sugerem benignidade

85

Padrões de calcificação que sugerem malignidade

Decks in Medicina Interna Class (194):