Infectologia - Tétano Flashcards Preview

Medicina Interna > Infectologia - Tétano > Flashcards

Flashcards in Infectologia - Tétano Deck (23):
0

Definição:

Toxinfecção grave causada pela toxina do bacilo tetânico

1

Quadro clínico do Tétano Acidental:

Disfagia, hipertonia dos masséteres, rigidez de nuca, opistótono, rigidez muscular progressiva. Podendo evoluir a contraturas generalizadas e insuficiência respiratória.

2

Opistótono:

Contratura muscular da região dorsal.

3

Agente etiológico:

Clostridium tetani (esporulado gram positivo anaeróbio)

4

Reservatório:

Trato intestinal humano e animal, solos agriculturados, pele e instrumentos com poeira/terra.

5

Transmissão:

Introdução de esporos em ferimento ou mucosa por terra, poeira ou fezes contaminadas.

6

Período de incubação:

2 dias a 3 semanas. Média de 10 dias.

7

Quanto menor o tempo de incubação:

Maior a gravidade e pior prognóstico.

8

"O tétano não é doença _______________, portanto não é transmitida diretamente de pessoa a pessoa":

Contagiosa.

9

Complicações:

Edema cerebral, Hemorragia digestiva, Crise hipertensiva, Disautonomia, Infecções secundárias, embolia pulmonar, Disfunções respiratórias e Parada cardiorrespiratória.

10

Diagnóstico:

Clínico-epidemiológico.

11

Disgnóstico diferencial:

Trismo, tetania por outra causa, raiva e histeria.

12

Tratamento:

Soro antiterânico ou Imunoglobulina humana antitetânica, Sedativos, Miorrelaxantes, Antibioticoterapia, desbridamento e limpeza de focos suspeitos, local com redução de estímulos luminosos e auditivos.

13

Deve ser precedido do uso da antitoxina tetânica:

O desbridamento do foco de incção e uso de antimicrobianos

14

Desbridamento e uso de antimicrobianos:

retirada de corpos estranhos e tecidos necrosados; limpar a ferida com água oxigenada ou antiséptica e mantê-la aberta.

15

Medidas de controle:

Alta cobertura vacinal da população de risco, educação da população, e melhoria das condições socioeconômicas.

16

O tétano neonatal acomete o recém nascido nos primeiros:

15 dias de vida.

17

O tétano neonatal está associado a:

Problemas de acesso a serviços de saúde de qualidade.

18

Transmissão (Neonatal):

Contaminação durante a secção do cordão umbilical ou nos cuidados do coto umbilical.

19

Diagnóstico diferencial (neonatal):

Septicemia, encefalite, meningite, hipoparatireoidismo, alcalose, distúrbio metabólico transitório e lesão intracraniana secundária ao parto.

20

Epidemiologia (neonatal):

Problema de saúde pública nas regiões mais pobres do mundo.

21

Medidas de controle (neonatal):

Plano Nacional de Eliminação: vacinação das mulheres em idade fértil, melhoria da cobertura e qualidade do pré-natal e da atenção ao parto e puerpério, divulgação de formas de prevenção do tétano neonatal (orientações quanto ao não uso de medidas caseiras no tratamento do coto umbilical, reforçando que a limpeza deve ser feita com água e sabão, secar e usar alcool 70%).

22

Vacina:

intramuscular, dT em idade maior que 7 anos, três doses (2 meses entre a segunda e a primeira, 6 meses entre a terceira e a segunda).

Decks in Medicina Interna Class (194):