Gastroenterologia - Hepatites Flashcards Preview

Medicina Interna > Gastroenterologia - Hepatites > Flashcards

Flashcards in Gastroenterologia - Hepatites Deck (79):
0

Podem ser causadas por:

Virus, medicamentos, álcool, substancias toxicas, doenças autoimunes, metabólicas e genéticas.

1

A maioria das hepatites virais é:

Assintomática

2

Quadro clínico das Hepatites virais agudas:

Fadiga, náusea, vômitos, dor em HD, anorexia, artralgia e febrícula. Além de Icterícia, colúria, acolia fecal, prurido e Hepatoesplenomegalia.

3

As hepatites estão incluídas na:

Lista de doenças de notificação compulsória

4

Formas clínicas da Hepatite A:

Aguda e fulminante

4

A hepatite A não:

Cronifica

5

O vírus da hepatite A, C, D e E são vírus de :

RNA

6

Transmissão (Hepatite A e E):

Fecal-oral (interhumano, água ou alimento contaminado).

7

Quanto à evolução clínica da Hepatite A:

É autolimitada e de caráter benigno

8

Marcadores sorológicos para Hepatite A:

Anti-HAV (IgM e IgG) e anti-HAV total

9

Anti-HAV IgM:

É o marcador da fase aguda, positivo no início do quadro e negativo após 3 meses

10

Anti-HAV IgG:

Indicativo de infecção passada e resposta vacial, persiste indefinidamente

11

Anti-HAV total:

Determina a presença de anticorpos tanto IgM como IgG

12

Fase aguda (Hepatite A):

IgM e Total +

13

Imunidade (Hepatite A):

IgG e total +. IgM -

14

Suscetível:

IgM e total -

15

O virus da hepatite B é virus de:

DNA

16

Transmissão (Hepatite B e D):

Relação sexual, vertical, contato com sangue e fluidos corporais.

17

"A forma ictérica da Hepatite B ocorrem em _____ das infecções":

30%

18

Marcadores de triagem da infecção (Hepatite B):

HBsAg e Anti-HBc total.

19

Marcadores de acompanhamento da infecção (Hepatite B):

HBsAg, Anti-HBc total, Anti-HBc IgM e IgG, HBeAg, Anti-HBe e Anti-HBs

20

HBsAg:

Aparece 4 semanas após infecção, sendo indetectável após 24 semanas

21

Anti-HBc IgM:

Marcador de infecção recente, permanece até 32 semanas após infecção. Reaparece na reagudização da fase crônica

22

Anti-HBc IgG:

Marcador de infecção passada, persiste indefinidamente.

23

HBeAg:

Quando + Indica alta infecciosidade, por alta replicação viral

24

Anti-HBe:

Indica fim da fase de replicação viral

25

Anti-HBs:

Confere imunidade contra o virus da hepatite B (+ tanto na imunidade ativa como passiva).

26

Infecção Aguda (Hepatite B):

HBsAg, Anti-HBc total e IgM +

27

Infecção crônica (Hepatite B):

HBsAg, Anti-HBc total e HBeAg +. anti-HBc IgM e Anti-HBe + ou -

29

Imunidade por resposta vacinal (Hepatite B):

Anti-HBs +. HBsAg e Anti-HBc total -

30

Transmissão (Hepatite C):

Principalmente via parenteral

31

Fatores de risco (Hepatite C):

Transfusão de sangue antes de 1993, usuários de drogas injetáveis, inaláveis ou pipadas, piercing, tatuagem, manicure e compartilhamento de escovas de dente, lamina de barbear

32

A hepatite C cronifica em:

70-85% dos casos

33

Caso não haja intervenção terapêutica, a hepatite C pode evoluir para formas graves ou cirrose em 20 anos em até:

1/4-1/3 dos casos

34

Marcador de triagem na suspeita de infecção (Hepatite C):

Anti-HCV

35

Fase Aguda (Hepatite C):

Mudança no perfil sorológico entre duas testagens realizadas entre 90 dias.

36

O virus da hepatite D é defectivo, pois:

Depende do HBsAg para replicar

37

A hepatite D é a principal causa de:

Cirrose em crianças e adolescentes em áreas endêmicas da região amazônica

38

Anti-HDV IgM:

Marcador de infecção recente. Desaparece quando a doença é resolvida

39

Anti-HDV IgG:

Marcador de infecção passada e resposta vacinal, reagente por 12 semanas

40

A Hepatite E é mais comum em países da:

Ásia e África

41

Marcador de triagem da infecção (Hepatite E):

Anti-HEV IgM

42

Indivíduo suscetível (Hepatite B):

HBsAg, Anti-HBc total e Anti-HBs -

81

Outros virus que podem infectar o fígado:

Citomegalovirus, herpes simples, Epstein-Barr, varicela-zoster, adenovirus, virus do sarampo, da rubeola, da febre amarela e da dengue

82

Período de incubação (Hepatite A):

14-50 dias.

83

Forma dos vírus das Hepatites A,B,C,D e E:

Esférica

84

Os vírus das hepatites B, C e D possuem:

Envelope

85

Os virus das hepatites A e E não possuem:

Envelope

86

O virus da hepatite A possui ____ proteínas capsídicas:

3

87

A forma do acido nucleido dos virus das hepatites B e D é:

Circular

88

A forma do acido nucleico das hepatites A, C e E é:

Linear

89

Período de incubação (Hepatite B):

14-90 dias

90

Os virus de RNA possuem mais heterogeneidade de genomas mutantes, pois:

Há taxas elevadas de erro na replicação do RNA

91

Uma maior heterogeneidade:

dificulta a terapêutica antiviral

92

Na maioria dos casos de hepatite C crônica, o contágio não é identificado, constituindo a chamada:

Infecção esporádica

93

O virus C é oncogênico pois:

Está fortemente associado à instalação do carcinoma hepatocelular

94

Período de incubação (Hepatite E):

2-9 semanas (40 dias, em media).

95

Agentes virais menos frequentes:

Virus da hepatite G e TT

96

A magnitude da lesão hepatocelular depende:

Da carga viral e da capacidade de multiplicação do agente viral

97

Mecanismos de resposta do hospedeiro à infecção:

Não específica, De células killer e Especificidade exercida pelos linfócitos T citotóxicos

98

Na hepatite B, o dano maior é causado pela:

Reação do hospedeiro

99

A resposta imunológica à hepatite B é mediada por células e dirigida contra o:

Antígeno core, que se expressa na superfície do hepatócito. A reação elimina o antígeno e o hepatócito.

100

A hepatite viral aguda evolui com menos de:

6 meses

101

Na hepatite viral aguda, há maiores modificações histopatológicas:

Lobulares, enquanto que na crônica são modificações de espaços portais

102

Alterações histopatológicas das Hepatites virais agudas:

Comprometimento panlobular, aumento da celularidade, pleomorfismo e necrose focais

103

O diagnóstico da Hepatite D e E é por meio do:

Teste ELISA

104

Alterações laboratoriais

+transaminases, gamaGT, fosfatase alcalina, bilirrubina total e direta.

105

Recomenda-se repetir as provas bioquímicas a cada:

15 dias, até normalização dos parâmetros e seroconversão antigênica

106

Medidas preventivas (Hepatites A e E):

Melhora das condições de higiene, saneamento básico, conservação e manipulação de alimentos

107

Medidas preventivas (Hepatites B,C e D):

Melhorar qualidade das hemotransfusões, orientar grupos de risco, promiscuidade e usuarios de drogas

108

Hepatites infecciosas:

Hepatites A e E

109

Hepatites séricas:

B, C e D

110

Fases da Hepatite Viral Aguda:

Período de incubação -> pré-ictérica -> ictérica -> convalescente

111

Período de incubação (1ª fase):

Transaminases e bilirrubina normais, anticorpos indetectáveis

112

Fase pré-ictérica (2ª fase):

Sintomas inespecíficos, anticorpos vírus-específicos detectáveis

113

Fase ictérica (3ª fase):

Colúria, Icterícia, fadiga, náusea, anorexia, acolia fecal e prurido. Dor a palpação profunda HD e Hepatoesplenomegalia. Transaminases e bilirrubina +. Duração de 1-3 semanas.

114

Convalescente (4ª fase):

Níveis altos de anticorpos.

115

Complicações da Hepatite Viral Aguda:

Infecção crônica, Insuficiência hepática fulminante, hepatite recorrente, colestase e síndromes extra-hepáticas.

116

A hepatite é considerada fulminante se surgir:

Encefalopatia hepática

Decks in Medicina Interna Class (194):